Dívida do SNS à indústria desce 4,50 milhões de euros

29.05.2015

Apifarma divulga relatório 
Pela primeira vez desde dezembro de 2014, o montante da dívida dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) aos laboratórios baixou, embora muito discretamente. 

Diz a mais recente análise da Apifarma que, em abril, a dívida se situava nos 868,90 milhões de euros, menos 4,50 milhões do que em março.  O Centro Hospitalar de Lisboa Norte continua a ser a unidade com o montante de dívida mais elevado (140.100.895 milhões de euros). Por outro lado, o prazo médio de pagamentos aumentou 4 dias, estabelecendo-se nos 455 dias, com o Centro Hospitalar do Médio Tejo a registar o prazo mais alto (837 dias).

15ML22s

29 de Maio de 2015

1522Pub6f15ML22S

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 22.03.2019

 O polémico uso de exames com radiação nas doenças coronárias 

Numa altura em que a prevenção e tratamento das doenças cardiovasculares se reveste de maior importâ...

por Teresa Mendes | 22.03.2019

 Trofa Saúde Hospital abre dia 8 de abril em Loures

A primeira unidade no Sul do país do Grupo Trofa Saúde Hospital vai situar-se no LoureShopping, com...

por Teresa Mendes | 22.03.2019

 Três gerações vão organizar 40.º aniversário do SNS

O ex-diretor-geral da Saúde Francisco George, a subdiretora-geral da Saúde e administradora hospital...

por Teresa Mendes | 22.03.2019

 Após descida histórica, dívida dos hospitais volta a crescer

 Após uma descida histórica de quase 30% em dezembro passado, a dívida dos hospitais à indústria far...

21.03.2019

 Médicos alertam para rutura na Neonatologia da Maternidade Bissaya Barreto

O Sindicato dos Médicos da Zona Centro (SMZC) alertou esta quarta-feira para a rutura iminente no se...

21.03.2019

 Tutela estuda alargamento do cheque dentista a crianças menores de seis an...

O Ministério da Saúde está a estudar o alargamento dos cheques dentista a crianças menores de seis a...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.