Concursos para Assistente graduado  sénior

por Carlos Mesquita | 04.06.2015

Carta aberta ao ministro da Saúde
Por Carlos Mesquita*

Ex.º Senhor  Ministro da Saúde

Tendo tomado conhecimento de que estão a ser abertos concursos para lugares de Assistente Graduado Sénior (ex-Chefe de Serviço) em diversas instituições, venho requerer que se digne mandar esclarecer-me acerca do seguinte:

•         Qual o entendimento dado ao n.º 2 do Despacho 4827-C/2015, segundo o qual os procedimentos são abertos e desenvolvidos a nível institucional?
Por outras palavras, significa isso que apenas poderão candidatar-se médicos da própria instituição?
Assim sendo, não vai isto contra as normas europeias, em termos de livre concorrência e circulação de trabalhadores?

•         Nos termos do n.º 3 do Artigo 15.º do Decreto-Lei n.º 177/2009 de 4 de Agosto, para a admissão à categoria de assistente graduado sénior, é exigido o grau de consultor e três anos de exercício efectivo com a categoria de assistente graduado.
Havendo, desde sempre, no seio das carreiras médicas, a ideia de que,  na categoria de assistente graduado, os anos resultantes de progressão horizontal (concurso interno para quem já fosse assistente há 8 anos) e anteriores à obtenção do grau de consultor não contariam para efeitos de progressão na carreira, a pergunta é a seguinte: poderão ser contados os anos na categoria anteriores à obtenção do grau de consultor ou apenas os posteriores?

•         Sendo o concurso aberto ao abrigo da Portaria 207/2011 de 24 de Maio e tendo em conta o que refere que sempre que sejam candidatos ao procedimento titulares de cargos de direcção do órgão ou serviço que realiza o procedimento, o júri é obrigatoriamente oriundo de fora desse órgão ou serviço,

•     o que é que se entende por cargos de direcção?

•    será de presumir que haja conhecimento institucional dos potenciais candidatos antes da nomeação do júri ou, somente, que o júri terá de ser alterado caso se venha a verificar que há, entre os candidatos, titulares de cargos de direcção do órgão ou serviço que realiza o procedimento ?

•         De modo semelhante, por poder constituir motivo de inibição e pedido de escusa, deverá a existência de relações profissionais extra-hospitalares entre membros do júri e candidatos, directamente ou por interposta pessoa, designadamente colectiva, ser obrigatoriamente declarada por parte dos primeiros?

•         Acerca da prova prática com apresentação e discussão de um projecto de gestão clínica de um serviço ou unidade ou de um trabalho de investigação e tendo em atenção o seu peso específico no contexto da classificação final: está essa prova pré-regulamentada ou compete ao júri regulamentá-la, assumindo-se como legislador? 

Sem outro assunto, de momento, queira V. Ex.ª receber os meus melhores cumprimentos.


1523Ant4f15JMA23Z




*Cirurgião do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra

E AINDA

por Teresa Mendes | 14.08.2019

Equipas  realizaram 1011 visitas ao domicílio e avaliaram 154 doentes

Desde que entraram em funcionamento, a 3 de junho, as equipas de hospitalização domiciliária das Uni...

por Teresa Mendes | 17.08.2019

Comissão Europeia lança apelo para encontrar especialistas na área de eHeal...

A Comissão Europeia (CE) lançou um apelo à manifestação de interesse no domínio da Saúde, com o obje...

por Teresa Mendes | 17.08.2019

 Médicos têm nova norma sobre diagnóstico e prevenção da carência de vitami...

 A Direção-Geral da Saúde (DGS) e a Ordem dos Médicos (OM) elaboraram uma nova norma sobre as boas p...

17.08.2019

 Detectados 54 casos de mutilação genital feminina nos primeiros seis meses...

De janeiro a junho deste ano foram detetados 54 casos de mutilação genital feminina, quase tantos co...

por Teresa Mendes | 17.08.2019

«Morte cerebral e estado vegetativo persistente: Conceitos inconfundíveis»

No próximo dia 27 de setembro, pelas 18h30, na sede do Conselho Regional do Norte da Ordem dos Médic...

por Teresa Mendes | 15.08.2019

Dia da FMUL é assinalado no próximo dia 16 de setembro

No próximo dia 16 de setembro, a Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL) comemora o 7...

por Teresa Mendes | 13.08.2019

 Cerca de 1200 médicos podem ficar sem acesso à especialidade este ano

 A Associação de Médicos pela Formação Especializada (AMPFE) estima que este ano, o número de médico...

por Teresa Mendes | 13.08.2019

 Dívida dos hospitais aos laboratórios em rota ascendente

 A dívida dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) à indústria farmacêutica prossegue a sua...

por Teresa Mendes | 12.08.2019

Francisco Ramos propõe cortes nas deduções fiscais para financiar o SNS

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde propõe a redução das deduções no IRS como forma de financi...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.