PPP nos laboratórios hospitalares poderiam reduzir custos das análises clínicas até 80 milhões de euros

por Teresa Mendes | foto de "DR" | 11.12.2015

Estudo analisa «Panorama dos laboratórios clínicos em Portugal»
 
PPP nos laboratórios hospitalares podem reduzir custos das análises clínicas até 80 milhões de euros As parcerias público-privadas (PPP) nos laboratórios hospitalares portugueses podem permitir obter «uma redução de custos nas análises clínicas laboratoriais na ordem dos 80 milhões de euros», conclui um estudo realizado pela EY em colaboração com a Unilabs e um grande número de profissionais de patologia clínica e anatomia patológica, bem como de executivos de hospitais locais e internacionais e autoridades de saúde portuguesas e que analisa o «Panorama dos laboratórios clínicos em Portugal». 

Apresentado ontem, na Universidade Católica, o estudo refere ainda que «a redução de custos representa uma diminuição das despesas pública com hospitais de cerca de 1,6%, uma redução no CAPEX (despesas de investimento), e um potencial aumento no acesso à inovação e uma melhoria da qualidade dos cuidados prestados».

Analisando as poupanças estimadas por região e por dimensão de hospital, o documento considera que «as regiões mais beneficiadas seriam as do Norte, Lisboa e Vale do Tejo e o Centro» e que «os hospitais com capacidade instalada superior a 200 camas seriam aqueles com maiores poupanças».

As PPP nos laboratórios hospitalares portugueses podem conseguir obter «uma redução de custos nas análises clínicas laboratoriais na ordem dos 80 milhões de euros», conclui um estudo realizado pela EY 

O estudo recorda ainda que a saúde foi uma das áreas mais atingidas pelas medidas gerais de austeridade na Europa e que «Portugal foi um dos países onde a redução com a despesa pública de saúde ultrapassou a dos outros países da União Europeia, registando o maior decréscimo (-18,5%) no período entre 2010 e 2013».

O documento completo está disponível aqui

15tm50n 
11 de Dezembro de 2015
1550Pub6f15TM50N

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 27.03.2020

 Ordens da saúde pedem ao primeiro-ministro reforço da proteção dos profiss...

As ordens dos Médicos, dos Farmacêuticos e dos Enfermeiros enviaram esta quarta-feira uma carta aber...

por Teresa Mendes | 27.03.2020

Conselho de Escolas Médicas Portuguesas defende realização maciça de testes

O Conselho de Escolas Médicas Portuguesas (CEMP) defende o uso generalizado de máscaras pela comunid...

por Teresa Mendes | 27.03.2020

ARSLVT abre 35 áreas dedicadas à Covid-19 nos cuidados saúde primários

Atendendo ao alargamento progressivo da expressão geográfica da pandemia Covid-19 em Portugal, e ten...

por Teresa Mendes | 27.03.2020

Apifarma cria linha de apoio financeiro para profissionais de saúde

A Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica (Apifarma), em articulação com a Ordem dos Médicos...

por Teresa Mendes | 26.03.2020

 Internos de MGF pedem «suspensão de todos os estágios e formações hospital...

Os internos de Medicina Geral e Familiar (MGF) pedem, em comunicado conjunto das associações e comis...

por Teresa Mendes | 26.03.2020

 «Há outras vidas a salvar», alerta Carlos Cortes

Devido ao foco na pandemia por Covid-19, os doentes oncológicos «estão a ficar para trás» e a ativid...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.