Falta de equipas em São José já causou cinco mortes

foto de "DR" | 24.12.2015

Desde abril de 2014 que não há equipa de neurocirurgia por indisponibilidade dos enfermeiros 
Segundo o jornal Expresso, desde abril de 2014, altura em que foi tomada a decisão de não ter equipas de neurocirurgia vascular de prontidão ao fim de semana no Hospital de S. José, morreram, para além de David Duarte, mais quatro doentes com ruturas de aneurisma.

Uma fonte do hospital, citada pelo jornal, conta que os casos não tiveram tanta visibilidade como o do jovem, de 29 anos, que faleceu por falta de assistência no passado da 14.

E AINDA

por Teresa Mendes | 22.01.2020

Hospitalização domiciliária no CHULN arranca em fevereiro

A partir de 3 de fevereiro, o Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Norte (CHULN) vai começar a...

por Teresa Mendes | 22.01.2020

 Hospital de S. João implanta dispositivo inovador em doentes com Parkinson

O Centro Hospitalar Universitário de São João (CHUSJ) implantou esta terça-feira um dispositivo médi...

por Teresa Mendes | 22.01.2020

 Sindicato denuncia falta de recursos humanos nas maternidades de Coimbra

 O Sindicato dos Médicos da Zona Centro (SMZC) considerou esta terça-feira, após uma visita às mater...

por Teresa Mendes | 22.01.2020

 «Gastrenterologia: Horizontes para lá de 2020»

A Reunião Monotemática da Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia de 2020 vai realizar-se no próxim...

por Teresa Mendes | 21.01.2020

 Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia celebra 60 anos

A Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG) celebra 60 anos de desenvolvimento científico, asso...

20.01.2020

  Banco de Cérebros quer passar a receber doações de exemplares saudáveis

O Banco de Cérebros Humanos de Portugal, o único no país, e que funciona desde 2012 no Hospital de S...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.