IPO propõe à Câmara de Lisboa alargamento para a Praça de Espanha

foto de "DR" | 06.01.2016

Francisco Ramos vai apresentar proposta à CML
O Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa vai propor à Câmara o alargamento do hospital para o antigo mercado da Praça de Espanha, afirmou o presidente do conselho de administração da instituição.

«A saída em outubro passado desse mercado da Praça de Espanha, mesmo em frente ao IPO, veio criar, pelo menos aos nossos olhos, a possibilidade de propor à Câmara Municipal de Lisboa (CML) a expansão do IPO para esse espaço», disse Francisco Ramos, em declarações à agência Lusa, citadas pelo Diário Digital.

De acordo com o responsável, isso «criaria a possibilidade de não ser preciso retomar o processo de fazer um novo IPO noutro local que não naquele terreno junto à Praça de Espanha».

Contactado pela Lusa, o município referiu que atualmente «nada está previsto ou discutido com o IPO sobre as suas instalações». 

Francisco Ventura Ramos frisou que, para já, esta «é uma possibilidade», que vai «exigir um processo negocial junto da Câmara Municipal de Lisboa e, naturalmente, com o Ministério da Saúde».

 «A saída em outubro passado desse mercado da Praça de Espanha, mesmo em frente ao IPO, veio criar, pelo menos aos nossos olhos, a possibilidade de propor à Câmara Municipal de Lisboa a expansão do IPO para esse espaço», afirmou Francisco Ramos

Questionado sobre prazos, o responsável disse que «uma ideia posta em cima da mesa e que, naturalmente, precisa de um período que não me parece que seja curto».

16tm01i 
6 de Janeiro de 2016
1601Pub4f16tm01i

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 06.12.2019

 EPE estavam em falência técnica no ano passado

Em 2018, metade dos hospitais EPE do país encontrava-se em falência técnica, segundo uma análise do...

06.12.2019

Chefes de cirurgia de Faro recusam fazer urgências a partir de 1 de janeiro

A partir de 1 de janeiro de 2020, os chefes de equipa de Cirurgia do Hospital de Faro vão deixar de...

por Teresa Mendes | 06.12.2019

 Sarampo matou mais de 140 mil pessoas no mundo em 2018

Em 2018, o sarampo foi responsável pela morte de mais de 140.000 pessoas, segundo novas estimativas...

por Teresa Mendes | 06.12.2019

«Não existem cigarros eletrónicos nem produtos de tabaco seguros»

«Não existem cigarros eletrónicos nem produtos de tabaco seguros, nomeadamente tabaco aquecido. Apre...

por Teresa Mendes | 05.12.2019

ADSE passa a ser tutelada pelo Ministério da Administração Pública

A ADSE já não é da tutela do Ministério da Saúde. Segundo o regime da organização e funcionamento do...

por Teresa Mendes | 05.12.2019

 Reduzir o colesterol mais cedo pode diminuir risco cardiovascular mais tar...

Reduzir os níveis de colesterol com medicamentos em pessoas com menos de 45 anos pode reduzir o risc...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.