Criado o Centro Académico de Investigação e Formação Biomédica do Algarve

por Teresa Mendes | 14.03.2016

Ministros da Saúde e da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior deslocam-se ao CHA
O novo conselho de administração do Centro Hospitalar do Algarve (CHA), presidido por Joaquim Ramalho, foi oficialmente apresentado na passada sexta-feira, numa sessão presidida pelo ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, e pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, que se deslocaram à Região para a assinatura da Portaria de Criação do Centro Académico de Investigação e Formação Biomédica do Algarve.

Durante a sessão, que juntou no auditório da unidade de Faro do CHA representantes das autarquias, das diversas entidades regionais assim como dos profissionais da saúde e da Universidade do Algarve, o presidente do conselho diretivo da ARS Algarve, traçou uma breve perspetiva do plano regional de Saúde do Algarve, destacando algumas das principais medidas sectoriais a implementar no decorrer do ano de 2016 «com vista a reforçar a prestação de cuidados de saúde de proximidade de forma equitativa e com a máxima qualidade à população do Algarve».

Neste âmbito, foram ainda assinados dois protocolos de colaboração, designadamente o Protocolo de Cooperação Inter-regional na Assistência Hospitalar aos Utentes do Centro Hospitalar do Algarve, entre os presidentes das ARS do Algarve (Moura Reis), do Alentejo (José Robalo), e de LVT (Rosa de Matos), bem o Protocolo de Colaboração entre o Centro Hospitalar Lisboa Norte e o Centro Hospitalar do Algarve pelos respetivos presidentes dos conselhos de administração, Carlos Martins e Joaquim Ramalho.

De acordo com um comunicado publicado no site da ARS, a sessão terminou com a assinatura da portaria conjunta do Ministro da Saúde e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior com vista à criação do Centro Académico de Investigação e Formação Biomédica do Algarve, integrado na melhoria da articulação entre as funções assistenciais, de ensino, de formação pré e pós-graduada e de investigação em universidades, politécnicos e laboratórios de estado, bem como o apoio à investigação científica, nas suas vertentes clínicas, de saúde pública e de administração de serviços de saúde.

No final da cerimónia, Adalberto Campos Fernandes garantiu que «não entraremos no verão com dificuldades inaceitáveis no Algarve» 

No final da cerimónia, Adalberto Campos Fernandes deixou uma mensagem de confiança a todos os profissionais de saúde da Região e garantiu que «não entraremos no verão com dificuldades inaceitáveis no Algarve», referindo-se à recorrente falta de médicos de algumas especialidades, tendo acrescentado que «até 31 de maio», tentará «resolver muitas das dificuldades identificadas». 

16tm11d 
14 de Março de 2016
1611Pub2f16tm11d

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 06.12.2019

 EPE estavam em falência técnica no ano passado

Em 2018, metade dos hospitais EPE do país encontrava-se em falência técnica, segundo uma análise do...

06.12.2019

Chefes de cirurgia de Faro recusam fazer urgências a partir de 1 de janeiro

A partir de 1 de janeiro de 2020, os chefes de equipa de Cirurgia do Hospital de Faro vão deixar de...

por Teresa Mendes | 06.12.2019

 Sarampo matou mais de 140 mil pessoas no mundo em 2018

Em 2018, o sarampo foi responsável pela morte de mais de 140.000 pessoas, segundo novas estimativas...

por Teresa Mendes | 06.12.2019

«Não existem cigarros eletrónicos nem produtos de tabaco seguros»

«Não existem cigarros eletrónicos nem produtos de tabaco seguros, nomeadamente tabaco aquecido. Apre...

por Teresa Mendes | 05.12.2019

ADSE passa a ser tutelada pelo Ministério da Administração Pública

A ADSE já não é da tutela do Ministério da Saúde. Segundo o regime da organização e funcionamento do...

por Teresa Mendes | 05.12.2019

 Reduzir o colesterol mais cedo pode diminuir risco cardiovascular mais tar...

Reduzir os níveis de colesterol com medicamentos em pessoas com menos de 45 anos pode reduzir o risc...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.