Programa Avançado para a Liderança e Administração em Investigação em Saúde

04.04.2017

Projeto concebido pela APAH e pela Nova Medical School, com o apoio da Apifarma
O Programa Avançado para a Liderança e Administração em Investigação em Saúde (PALAIS) é uma das iniciativas que materializa o protocolo assinado ontem entre a Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica (Apifarma) e a Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH).

Segundo um comunicado à Imprensa, este projeto, concebido pela APAH e pela Nova Medical School, com o apoio da Apifarma, nasce para «capacitar os administradores hospitalares para a tomada de decisão e gestão das infraestruturas de investigação nas Unidades de Prestação de Cuidados de Saúde nacionais».

O grande objetivo é contribuir para a «profissionalização dos recursos hospitalares na investigação clínica», área que, segundo as duas entidades, «exige uma estrutura própria de governação e de gestão de necessidades específicas», tais como recursos humanos, infraestruturas físicas, recursos financeiros e procedimentos/ operações e serviços de apoio.

O presidente da Apifarma, João Almeida Lopes considera que «o protocolo reforça o compromisso da indústria farmacêutica com a investigação clínica e com a realização de ensaios clínicos», lembrando que «a investigação em Saúde contribui para modernizar a gestão hospitalar e permite responder melhor às necessidades dos doentes».

Para Alexandre Lourenço, presidente da APAH, este programa vai ser «essencial para dinamizar e profissionalizar a investigação em Saúde nos hospitais, de forma a responder às solicitações das empresas farmacêuticas e a alavancar uma área de elevado potencial económico para os hospitais portugueses e para as regiões onde estão inseridos».

Alexandre Lourenço, presidente da direção da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares, e João Almeida Lopes, presidente da direção da Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica, no momento da assinatura do protocolo entre as duas entidades 

O protocolo assinado prevê a realização de projetos de divulgação, formação, investigação ou outros integrados nas finalidades de cada uma das entidades e a realização de projetos de desenvolvimento de centros de investigação clínica.

17tm14E
04 de Abril de 2017
1714Pub3f17tm14E

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 24.04.2019

Pneumonia: Mais de 50% dos doentes de risco não são aconselhados a vacinar-...

A pneumonia mata, em média, 23 pessoas por dia nos hospitais portugueses, mais do dobro da média eur...

por Teresa Mendes | 24.04.2019

Ministério da Saúde pede sindicância à Ordem dos Enfermeiros

A ministra da Saúde, Marta Temido, pediu à Inspeção-Geral das Atividades em Saúde (IGAS) para realiz...

por Teresa Mendes | 24.04.2019

 «Suspeição intolerável» 

 A ministra da Saúde, Marta Temido, considera uma «suspeição intolerável» do bastonário da Ordem dos...

por Teresa Mendes | 24.04.2019

 SESARAM continua a não registar assiduidade dos seus trabalhadores

Uma auditoria do Tribunal de Contas (TC) revelou, esta terça-feira, que o Serviço de Saúde da Região...

por Teresa Mendes | 23.04.2019

Encontro internacional debate futuro do envelhecimento<br />  

A Academia Nacional de Medicina de Portugal (ANMP), o Science Advice for Policy by European Academie...

por Teresa Mendes | 23.04.2019

Manifesto da EFPIA reforça os benefícios das vacinas

«Construir uma Europa mais Saudável» é o título do manifesto criado pela Vaccines Europe, o grupo es...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.