CNECV chumba projeto de decreto-lei sobre as Comissões de Ética

por Teresa Mendes | foto de "DR" | 30.05.2017

Documento «não dá resposta adequada»
O Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida (CNECV) chumbou o projeto de Decreto-Lei do Governo sobre as Comissões de Ética (CE). 

Num parecer publicado no seu site, o organismo considera que o texto proposto para revogar o Decreto-Lei n.º 97/95 «não dá resposta adequada, quer à evolução do conceito de Comissão de Ética para a Saúde, quer aos desafios que lhes são hoje colocados» e que o mesmo «deve ser revisto».

Segundo o CNECV, existe «uma referência inadequada» à Rede Nacional das Comissões de Ética para a Saúde (RNCES), nomeadamente no reforço da sua coordenação junto da Comissão de Ética para a Investigação Clínica (CEIC), comissão que configura uma atividade de reflexão ética exclusivamente dirigida à investigação com medicamentos e dispositivos médicos.

Por outro lado, o parecer denuncia um «enquadramento inadequado do Decreto-Lei, carecendo de uma fundamentação e linguagem éticas prevalecentes», bem como «insuficiência na descrição das competências e da atividade das CE, bem como da sua desejada constituição».

Por fim, o CNECV chama a atenção para a «desproporcionalidade na focalização das atividades das CE na investigação», considerando existir uma «inaceitável secundarização da reflexão sobre questões de diferente natureza, nomeadamente de índole assistencial».

O CNECV considera que o texto proposto para revogar o Decreto-Lei n.º 97/95 «não dá resposta adequada, quer à evolução do conceito de Comissão de Ética para a Saúde, quer aos desafios que lhes são hoje colocados» e que o mesmo «deve ser revisto» 

O parecer pode ser consultado na íntegra aqui 

17tm23F
30 de Maio de 2017
1723Pub3f17tm23F

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

16.07.2019

«A equidade cada vez depende mais do código postal», adverte bastonário

O bastonário da Ordem dos Médicos (OM), Miguel Guimarães, defendeu esta segunda-feira mais investime...

16.07.2019

 Ministra reconhece «assimetria muito grande» na distribuição de médicos no...

A ministra da Saúde reconheceu esta segunda-feira na Sertã, distrito de Castelo Branco, que continua...

16.07.2019

Ministra da Saúde defende quadro permanente de anestesistas na MAC

 A ministra da Saúde afirmou esta segunda-feira que não vai desistir de dotar a Maternidade Alfredo...

por Teresa Mendes | 16.07.2019

Hospital de Bragança passa a disponibilizar hospitalização domiciliária

O Hospital de Bragança, inserido na Unidade Local de Saúde (ULS) do Nordeste, vai passar a disponibi...

por Teresa Mendes | 15.07.2019

 Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral 2019 está em discussão pública

 A Direção-Geral da Saúde (DGS) colocou em discussão pública, até ao próximo dia 1 de agosto, o Prog...

por Teresa Mendes | 15.07.2019

 Apifarma lança «Prémio Cidadania em Saúde»

No âmbito das comemorações dos seus 80 anos, a Apifarma instituiu o «Prémio Cidadania em Saúde», que...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.