Portugueses não sabem o que são dispositivos médicos

16.06.2017

MedTech Week pretende reconhecer o valor das tecnologias de saúde
O desconhecimento geral dos portugueses sobre a importância dos dispositivos médicos para a saúde e qualidade de vida, motivou a participação da Associação Portuguesa das Empresas de Dispositivos Médicos (APORMED) na MedTech Week - Semana Europeia dos Dispositivos Médicos -, pelo terceiro ano consecutivo. 

A iniciativa, promovida pela MedTech Europe, pretende reconhecer o contributo das tecnologias da saúde para a vida de milhares de doentes, familiares, médicos e outros profissionais de saúde e decorrerá de 19 a 23 de junho, em vários países em simultâneo.

O setor dos dispositivos médicos representa 1200 milhões de euros para a economia nacional. A nível europeu, falamos de uma indústria que regista mais de 500 mil produtos, conta com mais de 25 mil empresas e emprega cerca de 575 mil pessoas. 

Apesar do impacto destes números, «a maioria da população não sabe o que é um dispositivo médico e desconhece que alguns deles podem salvar vidas e são fundamentais para o diagnóstico e tratamento de muitas doenças e emergências médicas», alerta Antonieta Lucas, presidente da APORMED, num comunicado à Imprensa.

A responsável sublinha que as empresas de dispositivos médicos «contribuem para a sustentabilidade dos sistemas de saúde e as suas atividades e devem ser vistas como fonte de receita e não somente de despesa, como desenvolvimento da economia, da empregabilidade e da capacidade exportadora, que no caso desta indústria, atinge já 268 milhões de euros».

Algumas das atividades que a APORMED vai implementar em Portugal ao longo da MedTech Week incluem: um vox pop para avaliar o conhecimento dos portugueses sobre dispositivos médicos, um vídeo com testemunhos de doentes cujas vidas mudaram graças às tecnologias de saúde e um quizz interativo com perguntas sobre este tipo de dispositivos.

A iniciativa, promovida pela MedTech Europe, pretende reconhecer o contributo das tecnologias da saúde para a vida de milhares de doentes, familiares, médicos e outros profissionais de saúde e decorrerá de 19 a 23 de junho, em vários países em simultâneo 

Para ter acesso a esses vídeos e conhecer factos relevantes sobre o setor, bem como consultar os eventos agendados em toda a Europa, para partilhar o valor dos dispositivos médicos junto da sociedade, basta consultar este  link 

17tm25P
16 de Junho de 2017
1715Pub6f17tm25P

Publicada originalmente em www.univadis.pt 

E AINDA

17.10.2017

Sal no pão vai diminuir gradualmente até 2018

Entre 2018 e 2021 vai haver uma diminuição gradual do sal no pão.<br /> Este é pelo menos o objetiv...

17.10.2017

Fumo branco na negociação com os enfermeiros

Foi fumo branco que saiu da mais recente reunião do Governo com os enfermeiros.<br /> O braço de fe...

16.10.2017

Empresas de dispositivos impedidas de aumentar preços

Em 2018, a Indústria Farmacêutica terá de continuar o seu esforço de contribuição para a redução dos...

16.10.2017

Depois do açúcar, surgem as taxas para o sal

Os alimentos como batatas fritas, bolachas ou cereais que tenham um elevado teor de sal vão passar a...

16.10.2017

Dívida dos hospitais à IF volta a agravar-se em agosto

 Em agosto, a dívida global dos hospitais públicos à indústria farmacêutica (IF) ultrapassou os três...

13.10.2017

CNEV presta tributo a João Lobo Antunes

 O Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida vai prestar um tributo a João Lobo Antunes, a...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.