Saldo do SNS volta a agravar-se em junho

foto de "DR" | 26.07.2017

Execução financeira apresentou aumentos de 3,7% na receita e de 4,3% na despesa
Em junho, o saldo do Serviço Nacional de Saúde (SNS) foi de quase 30 milhões de euros negativos (-29,7), representando um agravamento de 25 milhões de euros face ao período homólogo.

Segundo a Execução Orçamental da Direção-Geral do Orçamento (DGO), a execução financeira do SNS apresentou aumentos de 3,7% na receita e de 4,3% na despesa, face ao período homólogo.

A variação positiva na receita resultou, essencialmente, das transferências correntes (4,7%, cerca de 187,5 milhões de euros), com particular destaque para as transferências do Orçamento do Estado (+4,6%).

Em sentido inverso, a DGO observa uma redução de 30,1% na rubrica de outras receitas correntes (27,1 milhões de euros).

O maior contributo para o aumento da despesa ficou a dever-se às despesas com pessoal (2 p.p.) e aos fornecimentos e serviços externos (1,9 p.p.).

Relativamente à despesa relacionada com fornecimentos e serviços externos (crescimento de 4,8% face ao período homólogo), é destacado o aumento dos encargos com os hospitais em parcerias público-privadas (22,8%) e com os meios complementares de diagnóstico e terapêutica (3,4%).

Em junho, o saldo do Serviço Nacional de Saúde (SNS) foi de quase 30 milhões de euros negativos (-29,7), representando um agravamento de 25 milhões de euros face ao período homólogo 

Já a evolução das despesas com pessoal «reflete o impacto da reposição salarial e da evolução do número de efetivos do SNS», lê-se ainda no documento 

17tm31i
26 de Julho de 2017
1731Pub4f17tm31i

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 17.05.2019

 Executivo abre 1129 vagas para as áreas de MGF, hospitalar e de Saúde Públ...

O Governo cumpriu o prazo de 30 dias para a abertura de concursos após a fixação da lista de classif...

por Teresa Mendes | 17.05.2019

Semana Europeia do Teste da Primavera decorre até 24 de maio

Começa hoje e decorre até 24 de maio, a Semana Europeia do Teste Primavera 2019, organizada pela HIV...

por Teresa Mendes | 17.05.2019

Acordo entre FMUL e Fundação Champalimaud reforça laços existentes

O diretor da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, Fausto Pinto, e a presidente da Fundaç...

por Teresa Mendes | 17.05.2019

 Daniel Ferro nomeado presidente do CHULN

O ex-presidente da administração do Hospital Garcia de Orta, Daniel Ferro, vai liderar o conselho de...

por Teresa Mendes | 16.05.2019

 É ilegal recusar tratar doentes que não autorizam o tratamento de dados pe...

A Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) considerou ilegal a recusa de prestação de cuidados...

16.05.2019

Dados de listas de espera envergonham o país, diz Ordem dos Médicos

A Ordem dos Médicos (OM) classificou esta quarta-feira como «desastrosos» os dados revelados pela En...

por Teresa Mendes | 16.05.2019

 Convenção Nacional da Saúde 2019 decorre a 18 de junho

 A edição de 2019 da Convenção Nacional de Saúde (CNS) vai ter lugar no próximo dia 18 de junho, no...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.