AR quer que Governo promova turismo científico

10.08.2017

Autarquias devem ser envolvidas
A Assembleia da República (AR) quer que o Governo implemente um plano de ação para promover o turismo científico.
Numa Resolução publicada hoje no Diário da República, a AR avança mesmo algumas medidas a ter em conta.

Entre elas, a «sensibilização dos intervenientes do setor (hotelaria, agências de viagens, agências de promoção) na perceção deste segmento de turismo», bem como a «identificação das autarquias com potencial para atrair turistas neste âmbito e envolvimento das mesmas na estratégia nacional de turismo».

Outras medidas sugeridas pela AR são a valorização das atividades de investigação e desenvolvimento (I&D) em Portugal, nos setores público e privado ou a elaboração, com as universidades públicas e privadas, de «um plano que contribua para atrair alunos estrangeiros».

A Assembleia da República recomenda ao Governo que implemente um plano de ação para promover o turismo científico 

O desenvolvimento de um programa de parcerias internacionais em ciência, tecnologia e ensino superior, a organização de eventos científicos internacionais, nomeadamente um seminário anual avançado de política científica e tecnológica, e a colaboração com investigadores e quadros qualificados estrangeiros, «facilitando e reforçando a sua relação com instituições científicas e empresas em Portugal», são também sugestões elencadas.

A Resolução pode ser consultada

17tm33M
10 de Agosto de 2017
1733Pub5f17tm33M

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

17.10.2017

Há portugueses que não sabem o que são os cuidados paliativos

Mais de 90% dos portugueses sabem o que são os cuidados paliativos, contudo 6,6% associa o conceito...

17.10.2017

Sal no pão vai diminuir gradualmente até 2018

Entre 2018 e 2021 vai haver uma diminuição gradual do sal no pão.<br /> Este é pelo menos o objetiv...

17.10.2017

Fumo branco na negociação com os enfermeiros

Foi fumo branco que saiu da mais recente reunião do Governo com os enfermeiros.<br /> O braço de fe...

16.10.2017

Empresas de dispositivos impedidas de aumentar preços

Em 2018, a Indústria Farmacêutica terá de continuar o seu esforço de contribuição para a redução dos...

16.10.2017

Depois do açúcar, surgem as taxas para o sal

Os alimentos como batatas fritas, bolachas ou cereais que tenham um elevado teor de sal vão passar a...

16.10.2017

Dívida dos hospitais à IF volta a agravar-se em agosto

 Em agosto, a dívida global dos hospitais públicos à indústria farmacêutica (IF) ultrapassou os três...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.