Produtos de higiene oral cumprem os critérios recomendados

10.08.2017

Infarmed fez ação de supervisão do mercado
Os produtos de higiene oral, incluindo pastas dentífricas e elixires, em Portugal, cumprem os critérios recomendados. Segundo o Infarmed, que efetuou uma ação de supervisão do mercado a 76 produtos, com o objetivo de analisar os teores máximos de flúor, conservantes, substâncias com ação branqueadora e qualidade microbiológica, os valores estão dentro dos valores legais. 

O relatório  divulga os resultados das análises químicas e microbiológicas aos 76 produtos, entre os quais 67 pastas dentífricas.

A Autoridade Nacional do Medicamento adverte, num comunicado à Imprensa, que se os produtos analisados apresentassem valores acima dos permitidos, poderia verificar-se a ocorrência de queimaduras e sensibilidade dentária (no caso do peróxido de hidrogénio), possível indução de resistência a antibióticos (triclosan, em exposição continuada) e prováveis danos do esmalte dos dentes (flúor, em exposição continuada).

No que diz respeito às análises de qualidade microbiológica, http://www.infarmed.pt/documents/15786/2215138/Produtos+de+Higiene+Oral/56215a29-68cb-48d5-b32f-650ecbcf0196o Infarmed explica que estas são realizadas em função do local de aplicação do produto cosmético – como as mucosas – ou do público a que se destina, nomeadamente crianças e bebés.

Segundo o Infarmed, que efetuou uma ação de supervisão do mercado a 76 produtos, com o objetivo de analisar os teores máximos de flúor, conservantes, substâncias com ação branqueadora e qualidade microbiológica, os valores estão dentro dos valores legais 

A análise laboratorial destes produtos consistiu na avaliação da presença de bactérias e fungos, refere o Infarmed, acrescentando que uma elevada contaminação microbiana poderia causar risco elevado de infeções.

17tm33P
10 de Agosto de 2017
1733Pub5f17tm33P

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

16.10.2017

Empresas de dispositivos impedidas de aumentar preços

Em 2018, a Indústria Farmacêutica terá de continuar o seu esforço de contribuição para a redução dos...

16.10.2017

Depois do açúcar, surgem as taxas para o sal

Os alimentos como batatas fritas, bolachas ou cereais que tenham um elevado teor de sal vão passar a...

16.10.2017

Dívida dos hospitais à IF volta a agravar-se em agosto

 Em agosto, a dívida global dos hospitais públicos à indústria farmacêutica (IF) ultrapassou os três...

16.10.2017

Orçamento para a Saúde aumenta 4,4%

Em 2018, o Ministério da Saúde terá mais dinheiro.<br /> Segundo a proposta de Lei do Orçamento do...

13.10.2017

CNEV presta tributo a João Lobo Antunes

 O Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida vai prestar um tributo a João Lobo Antunes, a...

13.10.2017

Reforma da Saúde Pública em consulta até 15 de novembro

Com vista a promover uma discussão abrangente da Reforma da Saúde Pública (SP), o Governo colocou em...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.