Receitas sem papel reduzem fraude no SNS em 80% 

12.09.2017

Número de SMS com receitas sem papel ascende a mais de um milhão por mês
As receitas sem papel diminuíram a fraude no Serviço Nacional de Saúde (SNS) em 80% desde que a medida foi implementada em abril de 2016, segundo a Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS).

De acordo com aquele organismo, mensalmente, este sistema permite monitorizar e detetar qualquer irregularidade, trazendo maior transparência e eficácia a este processo, uma vez que os suportes digitais utilizados na prescrição eletrónica médica e na Receita Sem Papel possibilitam que, casos de fraude, sejam rapidamente identificados.

Na nota publicada no Portal do SNS é dito que entre os mecanismos antifraude implementados com a receita sem papel encontra-se a monitorização de indicadores como números de telemóvel que recebem mais de cinco SMS/dia provenientes da receita sem papel, o número de prescritores com mais de cem embalagens dispensadas na mesma farmácia, no mesmo dia, o número de prescritores com mais de 80% de prescrições dispensadas na mesma farmácia, em pelo menos um dia do mês, ou ainda a quantidade de dispensas efetuadas, por farmácia, quando o prazo de validade está prestes a terminar.

Com o Gabinete de Apoio à Fraude, a SPMS analisa o relatório de identificação das fragilidades da receita sem papel, os padrões de prescrição e dispensa medicamentos contendo Vitamina D, os padrões de prescrição e dispensa de suplementos alimentares e ainda os padrões de prescrição e dispensa da DCI Metilfenidato e do medicamento Ritalina LA.

As receitas sem papel diminuíram a fraude no Serviço Nacional de Saúde (SNS) em 80% desde que a medida foi implementada em abril de 2016, segundo a Serviços Partilhados do Ministério da Saúde 

Além desta articulação que a SPMS está também em constante articulação com o Centro de Controlo e Monitorização do SNS (antigo Centro de Conferências de Faturas) e Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, para a análise de situações provenientes do Ministério Público, Inspeção-Geral das Atividades em Saúde e Policia Judiciária.

O número de SMS com receitas sem papel ascende a mais de um milhão por mês, tendo este ano atingido o valor mais alto em janeiro, com 1.528.791, e o mais baixo em abril, com 1.186.541.

17tm39H
12 de Setembro de 2017
1739Pub3f17tm39H

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

18.09.2017

Luís Nunes é o novo diretor clínico do Centro Hospitalar de Lisboa Central

Luís Nunes é o novo diretor clínico do Centro Hospitalar de Lisboa Central (CHLC), substituindo Antó...

18.09.2017

Esperança média de vida aumenta mais do que o esperado em Portugal

<br /> Portugal é um dos países que mais aumentaram a esperança média de vida, mais até do que seri...

18.09.2017

Cancro de cabeça e pescoço: Mais de 50% dos doentes são diagnosticados tard...

Começa hoje, dia 18 de setembro, a 5.ª Semana Europeia de Luta Contra o Cancro de Cabeça e Pescoço,...

18.09.2017

OM convoca reuniões gerais de médicos em todo o país

É já amanhã, dia 19, pelas 21h00, no Conselho Regional do Sul, em Lisboa, a primeira das reuniões ge...

15.09.2017

Hospitais CUF vão ter novas idoneidades formativas

A José de Mello Saúde (JMS) tem em curso «novos pedidos de idoneidade formativa dos hospitais CUF, e...

15.09.2017

Hospital de São João faz reconstrução inovadora em Portugal

Uma equipa de cirurgiões plásticos do Serviço de Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Estética do Hosp...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.