Pagamentos em atraso: Governo volta a fazer uma dotação extraordinária

12.10.2017

Serão propostas medidas para resolver a acumulação da dívida do SNS
O Governo vai voltar a fazer uma dotação extraordinária no último trimestre do ano para regularizar pagamentos em atraso e sanear dívidas.

Já no início de 2018, será apresentado uma proposta para a resolução do processo de acumulação de dívida no Serviço Nacional de Saúde, informou esta quarta-feira o ministro da Saúde numa audição na Comissão Parlamentar de Saúde (SNS).

Na sessão, Adalberto Campos Fernandes reconheceu o aumento do défice no setor, justificando-o, em parte, com «o atraso no registo das notas de crédito resultantes do acordo com a Apifarma» e com uma nova prática contabilística das Parcerias Público Privadas. 

O ministro da Saúde disse aos deputados que o Governo vai voltar a fazer uma dotação extraordinária no último trimestre do ano para regularizar pagamentos em atraso e sanear dívidas 

Para além do reforço da verba para regularizar as dívidas, o responsável adiantou igualmente que, no primeiro trimestre de 2018, será discutida e apresentada uma sugestão com vista à resolução do processo de acumulação de dívida e impedir que surjam novos casos.

17tm43M
12 de Outubro de 2017
1743Pub5f17tm43M

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 24.09.2018

Abertas as candidaturas ao Prémio Artur Santos Silva da LPCC

Estão abertas, até ao próximo dia 19 de outubro, as candidaturas ao Prémio Nacional de Oncologia da...

24.09.2018

 Governo quer aumentar taxa sobre o açúcar nos refrigerantes

A taxa máxima do imposto sobre o açúcar nos refrigerantes pode aumentar de 16 para 20 euros por cada...

por Teresa Mendes | 21.09.2018

7.ª Reunião da Vigilância Epidemiológica da Gripe em Portugal

O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (Insa), em colaboração com a Direção-Geral da Saú...

por Teresa Mendes | 21.09.2018

 «Acesso à saúde é caro e tem de ser pago», alerta Teodora Cardoso

A presidente do Conselho das Finanças Públicas (CFP) alertou esta quinta-feira para a necessidade do...

por Teresa Mendes | 20.09.2018

 Portugueses têm «importantes lacunas no conhecimento sobre a doença cardio...

Um estudo publicado na mais recente edição da Revista Portuguesa de Cardiologia conclui que existem...

20.09.2018

 CE aprova Keytruda® em combinação com pemetrexedo e quimioterapia como 1.ª...

A MSD anunciou que a Comissão Europeia (CE) aprovou pembrolizumab (Keytruda®) em combinação com peme...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.