Taxa de vacinação está a ser inferior este ano

18.10.2017

Menos de 30% dos portugueses acima dos 65 anos vacinados
Segundo dados da mais recente edição do «Vacinómetro», a taxa de vacinação contra a gripe está a ser inferior ao registado no mesmo período do ano passado.
Até ao dia 17 de outubro, apenas 27,7% dos portugueses com mais de 65 anos de idade já tinham sido vacinados, uma percentagem 10% mais baixa quando comparada com as coberturas obtidas nesta faixa etária nas três últimas épocas vacinais.

Esta diminuição pode ser «explicada pelas condições ambientais, com temperaturas mais elevadas que têm sido registadas neste outono», refere o comunicado que divulga os primeiros dados do «Vacinómetro», que permite monitorizar em tempo real, a taxa de cobertura da vacinação contra a gripe em grupos prioritários recomendados pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

A taxa de vacinação aferida para as pessoas entre os 60 e os 64 anos de idade era de 14,5%, sendo de 22% entre os indivíduos portadores de doenças crónicas e de 19,3% entre os profissionais de saúde com contacto direto com doentes.

Um total de 54,4% da amostra referiu ter-se vacinado por recomendação expressa do seu médico, enquanto 25,6% dos inquiridos disseram ter-se vacinado por iniciativa própria.

Refira-se que na população total vacinada (excluindo profissionais de saúde em contacto com doentes), 69,7% dos vacinados receberam gratuitamente a vacina no seu centro de saúde e 29,1% compraram-na numa farmácia.

Os responsáveis pelo projeto chegaram ainda à conclusão de que, no universo da população não vacinada, 49,1% dos doentes crónicos e 54,2% dos indivíduos com mais de 65 anos de idade manifestam a intenção de se vacinarem mais adiante.

É importante também referir que na população diabética estudada, a percentagem de indivíduos vacinados é de apenas 30,7%.

Segundo dados da mais recente edição do «Vacinómetro», a taxa de vacinação contra a gripe está a ser inferior ao registado no mesmo período do ano passado 

Os próximos resultados intercalares do «Vacinómetro» serão conhecidos no início de novembro.

17tm44L
18 de Outubro de 2017
1744Pub4f17tm44L

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 16.09.2019

 Profissionais estão a «deixar de acreditar nesta forma única de organizaçã...

Prestes a iniciar o quarto trimestre de 2019, altura em que deveria estar a ser realizada a transiçã...

16.09.2019

 «Queremos que o hospital saia de portas»

O Governo quer alargar a hospitalização domiciliária a todos os hospitais do Serviço Nacional de Saú...

16.09.2019

Bastonária da OE chama Miguel Guimarães para ser ouvido no caso da sindicân...

A bastonária da Ordem dos Enfermeiros (OE), Ana Rita Cavaco, quer incluir, como testemunhas, o ex-mi...

por Teresa Mendes | 16.09.2019

 1.ª Edição Hot Topics em Hepatologia

Vai decorrer, no dia 11 de outubro, na Ordem dos Médicos, em Vila Real, a 1.ª edição dos Hot Topics...

por Teresa Mendes | 13.09.2019

Pela primeira vez em seis meses, a dívida à Indústria Farmacêutica diminuiu

Pela primeira vez em seis meses, o valor da dívida dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS)...

por Teresa Mendes | 13.09.2019

Ordem celebra 80 anos com coleção de fac-similadas de autores médicos

 A Ordem dos Médicos (OM) convida todos os profissionais a vir conhecer, na próxima segunda-feira, d...

por Teresa Mendes | 13.09.2019

 Literacia em Saúde: DGS lança Manual para capacitação dos profissionais

No âmbito do Plano de Ação para a Literacia em Saúde 2019/2012, a Direção-Geral da Saúde (DGS) lanço...

por Teresa Mendes | 13.09.2019

 Demitem-se dez chefes de equipa de urgência do Hospital Garcia de Orta

Demitiram-se dez chefes de equipa de urgência do Hospital Garcia de Orta, em Almada, segundo a Socie...

por Teresa Mendes | 12.09.2019

 SPP recomenda aos médicos que reportem os casos suspeitos em Portugal

A Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) recomenda aos médicos que passem a comunicar os casos de...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.