Doentes com melanoma avançado: Combinação de Epacadostat com Keytruda® permite durabilidade da resposta

19.10.2017

Dados atualizados apresentados no Congresso da ESMO
O inibidor de enzima seletivo IDO1 da Incyte, em combinação com Keytruda® (pembrolizumab), a terapia anti-PD-1 da MSD, permite a durabilidade da resposta nos doentes com melanoma avançado, segundo dados atualizados do ensaio clínico ECHO-202 (KEYNOTE-037) de Fase ½, apresentados no Congresso da Sociedade Europeia de Oncologia Médica (ESMO), em Madrid, Espanha.

A população do estudo incluiu doentes com melanoma avançado, sem e com tratamento prévio, cujos dados demonstraram uma taxa de resposta global (ORR) de 56% (n=35/63) em doentes tratados com a combinação. Segundo um comunicado à Imprensa, a mediana de sobrevivência livre de progressão (PFS) foi de 12,4 meses, com uma taxa de PFS de 65% em seis meses, 52% em 12 meses e 49% em 18 meses. 

Os resultados foram, na generalidade, consistentes entre os esquemas de dosagem de epacadostat em combinação com Keytruda, incluindo epacadostat de 100 mg BID, a dose de epacadostat estudada na Fase 3 do ensaio ECHO-301. Os resultados foram apresentados no Congresso da Sociedade Europeia de Oncologia Médica (ESMO) de 2017, em Madrid, Espanha.

O inibidor de enzima seletivo IDO1 da Incyte, em combinação com Keytruda® (pembrolizumab), a terapia anti-PD-1 da MSD, permite a durabilidade da resposta nos doentes com melanoma avançado, segundo dados atualizados do ensaio clínico ECHO-202 (KEYNOTE-037) de Fase ½, apresentados no Congresso da ESMO

«Os resultados atualizados do ensaio ECHO-202 apoiam as descobertas publicadas anteriormente e continuam a sugerir que a nova combinação de imunoterapia e epacadostat tem potencial para oferecer um perfil de eficácia e de segurança favoráveis para o tratamento de doentes com melanoma avançado», afirmou Omid Hamid, M.D, chefe de investigação e de Imuno-Onocologia Translacional e diretor de Terapêuticas de Melanoma, no Instituto Angeles Clinic and Research, na Califórnia. 

17tm44N
19 de Outubro de 2017
1744Pub5f17tm44N

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 18.01.2019

Economista Márcia Roque é a nova presidente da ACSS

O Conselho de Ministros (CM) desta quinta-feira nomeou a economista Márcia Roque para presidente do...

por Teresa Mendes | 18.01.2019

 Portugal tem o maior rácio de médicos de MGF por habitante da UE

Portugal é o país da União Europeia (UE) com a maior taxa de especialistas de Medicina Geral e Famil...

18.01.2019

CHUC lança projeto «H2 – Humanizar o Hospital»

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) lança, no próximo dia 24, o projeto «H2 - Huma...

por Teresa Mendes | 18.01.2019

Daniel Ferro substitui Carlos Martins à frente do CHULN

Daniel Ferro, atual presidente do conselho de administração do Hospital Garcia de Orta, vai substitu...

por Teresa Mendes | 17.01.2019

Centro Hospitalar do Oeste está «refém de prestadores de serviço»

O Centro Hospitalar do Oeste (CHO) é a terceira unidade de saúde do país com maior volume de horas c...

por Teresa Mendes | 17.01.2019

Cancro digestivo mata uma pessoa a cada hora em Portugal

O cancro digestivo mata uma pessoa por hora em Portugal, uma doença que tem vindo a aumentar nos últ...

por Teresa Mendes | 16.01.2019

Governo quer melhorar os Serviços de Urgência

O Governo criou um grupo de trabalho para estudar os diferentes modelos organizativos no funcionamen...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.