«Momento histórico do maior investimento em saúde nos últimos trinta anos», salienta ministro

10.11.2017

Conselho de Ministros autoriza despesa para Hospital de Lisboa Oriental
O Conselho de Ministros (CM) autorizou a despesa para a celebração do contrato de gestão para a conceção, o projeto, a construção, o financiamento, a conservação e a manutenção do Hospital de Lisboa Oriental, em regime de parceria público-privada, sendo a direção clínica e a gestão públicas. 

O concurso internacional será lançado até ao final de 2017, a construção do hospital começará no início de 2019 e a conclusão da obra está prevista até 2022.

Na conferência de Imprensa realizada nesta quinta-feira após a reunião do CM, o ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, afirmou que «este é um momento histórico porque se trata da autorização do lançamento do maior investimento em saúde nos últimos trinta anos».

O responsável salientou ainda que este «é um passo decisivo na reforma estrutural da rede hospitalar da grande Lisboa», lembrando que o hospital vai servir uma população de um milhão de habitantes e irá substituir «velhos edifícios que não têm hoje qualquer condição de adaptabilidade e modernização possível», como os hospitais de São José, de Santa Marta e de Santo António dos Capuchos.

Na conferência de Imprensa realizada após a reunião do CM, o ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, afirmou que «este é um momento histórico porque se trata da autorização do lançamento do maior investimento em saúde nos últimos trinta anos» 

O comunicado  do CM refere que «o Hospital de Lisboa Oriental consubstancia uma iniciativa essencial para a obtenção de ganhos de racionalidade e eficiência no desempenho e funcionamento da rede hospitalar da cidade de Lisboa e que, a médio prazo, gerará importantes benefícios ao nível da modernização da prestação dos cuidados de saúde».

17tm47Q
10 de Novembro de 2017
1747Pub6f17tm47Q

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 15.01.2018

Bastonário ameaça retirar idoneidade formativa ao Departamento de Tórax do...

A Ordem dos Médicos anunciou que vai realizar uma auditoria ao Departamento de Tórax do Centro Hospi...

15.01.2018

Enfermeiros com CIT vão ter regras iguais às da Função Pública a partir de...

Os cerca de 11 mil enfermeiros com Contrato Individual de Trabalho (CIT) vão cumprir, a partir de ju...

15.01.2018

Cerca de 200 médicos especialistas já desistiram de esperar por concursos

Pelo menos 200 dos cerca de 700 médicos que concluíram a especialidade em abril e outubro já saíram...

15.01.2018

Infarmed aprovou 60 medicamentos inovadores em 2017

No dia em que se assinala o 25.º aniversário do Infarmed, o organismo informa que, em 2017, aprovou...

12.01.2018

Canábis: Projetos baixam à CPS sem votação

Os projetos de lei para a utilização terapêutica da canábis do BE e do PAN, em discussão esta quinta...

12.01.2018

«Onde está o Wally, senhor primeiro-ministro?»

A Federação Nacional dos Médicos (Fnam) critica o primeiro-ministro por não saber qual o número real...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.