Ordem dos Enfermeiros questiona continuidade no cargo do ministro da Saúde

04.12.2017

Governante «não responde às interpelações da OE desde julho»
A Ordem dos Enfermeiros (OE) questiona publicamente a continuidade do ministro da Saúde no cargo.
O organismo enumera várias questões internas para as quais não obteve resposta de Adalberto Campos Fernandes, além das polémicas públicas como os casos de legionela, a mudança do Infarmed ou a auditoria do Tribunal de Contas, que revelou a falsificação dos números das listas de espera.

Num comunicado, aquele organismo diz que «o ministro da Saúde não responde às interpelações da OE desde julho, sejam pedidos de intervenção ou denúncias de ilegalidades, nem comunica situações obrigatórias de pronúncia pública». «Há documentos, sobre os quais a OE tem legalmente que se pronunciar, que não nos estão a ser enviados», salienta a bastonária, Ana Rita Cavaco.

Relativamente à época gripal, a responsável diz que os hospitais continuam sem autorização para contratar enfermeiros para o período de contingência da gripe.
«Não estamos a acautelar a contratação de enfermeiros. Como de costume, temo que vamos assistir ao caos nos hospitais e centros de saúde», alerta.

«Há documentos, sobre os quais a OE tem legalmente que se pronunciar, que não nos estão a ser enviados», salienta a bastonária, Ana Rita Cavaco 

Também nos últimos meses, a OE diz ter remetido ao ministro exposições relativas ao não cumprimento do número mínimo de enfermeiros em quase todos os hospitais do país, mas, «mais uma vez não houve qualquer resposta». 

17tm51C
04 de Dezembro de 2017
1751Pub2f17tm51C

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 07.12.2018

Transportar «a bandeira da lusofonia»

 João Morais foi recentemente eleito presidente da Federação das Sociedades de Cardiologia de Língua...

por Teresa Mendes | 07.12.2018

 Se for preciso, o HSM vai operar mesmo «com a discordância dos piquetes de...

Desde o início da greve dos enfermeiros, há duas semanas, que o Hospital de Santa Maria não consegui...

por Teresa Mendes | 07.12.2018

 Estudo aponta para «forte desinvestimento» nos cuidados de saúde primários

O número de Unidades de Saúde Familiar (USF) a iniciar atividade este ano foi o mais baixo de sempre...

por Teresa Mendes | 07.12.2018

Crianças com epilepsia e convulsões têm maior risco de desenvolver distúrbi...

Crianças com epilepsia e convulsões febris - com e sem epilepsia concomitante - correm um maior risc...

06.12.2018

 «Consciência de Médico – profissionalismo e humanismo» em debate em janeir...

A Associação de Saúde Infantil de Coimbra (ASIC) promove, nos dias 18 e 19 de janeiro de 2019, o con...

por Teresa Mendes | 06.12.2018

Dívida dos hospitais aos laboratórios diminuiu em outubro

Em outubro, a dívida dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) à Indústria Farmacêutica regis...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.