Em Portugal, «morre-se mal, sem afeto e sem compaixão»

06.12.2017

Alerta do presidente do CNECV, Jorge Soares
Em Portugal, como em muitos países desenvolvidos, «morre-se mal, sem afeto e compaixão», afirmou o presidente do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida (CNECV), Jorge Soares, na sessão inaugural do seminário de encerramento do ciclo de debates «Decidir sobre o final da vida», que decorreu esta terça-feira, na Fundação Champalimaud, em Lisboa.

Para o responsável, «é tempo de promover uma reflexão sobre a compaixão», lembrando que «não se alivia o sofrimento sem empatia ou compaixão», por mais evolução que haja na medicina e ao nível científico.

Jorge Soares salientou igualmente a importância dos cuidados paliativos, frisando que em Portugal chegam a «uma fração pequena de pessoas».

Projetos sobre morte assistida Entretanto, recorde-se que o Bloco de Esquerda (BE) apresentou, em fevereiro, o seu anteprojeto que permite as duas formas de morte assistida, a eutanásia e o suicídio assistido, admitindo a sua realização em estabelecimentos de saúde oficiais e em casa do doente.

Agora, passado este ciclo de debates sobre o final da vida que decorreu por todo o país, o partido promete apresentar o projeto no primeiro trimestre de 2018.

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN), com um deputado, foi o primeiro a apresentar um projeto de lei sobre a morte assistida e o Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV) também anunciou uma iniciativa neste sentido.

«Não se alivia o sofrimento sem empatia ou compaixão», por mais evolução que haja na medicina e ao nível científico, alertou Jorge Soares 

Um grupo de deputados do PS tem o acordo da direção do partido para apresentar uma iniciativa ou apoiar uma das já existentes ou a apresentar.

O PSD já decidiu dar liberdade de voto, apesar de prometer uma posição oficial e admitir todos os cenários, incluindo o do referendo.
O CDS-PP é contra.

17tm51J
06 de Dezembro de 2017
1751Pub4f17tm51J

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 11.12.2019

 Secretário de Estado louva o que de «bom, ótimo e excelente» se faz no HSM

No 65.º aniversário do Hospital de Santa Maria (HSM), o secretário de Estado da Saúde elogiou o que...

11.12.2019

Médicos e administradores defendem estratégia nacional para a Medicina de P...

Portugal precisa de uma estratégia nacional para a Medicina de Precisão, defendem administradores ho...

por Teresa Mendes | 11.12.2019

 E que tal fazer deste Natal… um «Natal Diferente»?

As associações de estudantes da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL) e da Faculdad...

por Teresa Mendes | 11.12.2019

3.º Fórum do Conselho Nacional de Saúde decorre a 16 de dezembro

O Conselho Nacional de Saúde (CNS) organiza, no próximo dia 16 de dezembro, no Auditório António de...

por Teresa Mendes | 10.12.2019

 Ordem lamenta que ministra esconda realidade do Algarve

Em resposta às declarações da ministra da Saúde, que na passada sexta-feira disse, na sequência dos...

por Teresa Mendes | 10.12.2019

 Risco de queda passa a ser avaliado em todos os doentes internados

Por proposta conjunta do Departamento da Qualidade na Saúde, da Ordem dos Médicos e da Ordem dos Enf...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.