Tratamento da HTA: Médicos de família americanos chumbam novas guidelines 

por Teresa Mendes | 11.01.2018

Valores a partir de 130/80 mm Hg passam a ser considerados como hipertensão
Os médicos de família americanos estão contra as novas guidelines da American Heart Association (AHA). David O’Gurek, presidente da Commission on Health of the Public and Science (CHPS), num artigo publicado no site da American Academy of Family Physicians, considera que a AHA «não se baseou numa análise sistemática de evidências», tendo sido identificados «alguns conflitos de interesses».

Publicadas em novembro passado, as novas diretrizes consideram que a HTA deve ser tratada com mudanças de estilo de vida e com a medicação, conforme necessário, a partir de 130/80 mm Hg em vez do limite comummente aceite de 140/90 mm Hg.

As novas diretrizes consideram que a HTA deve ser tratada com mudanças de estilo de vida e com a medicação, conforme necessário, a partir de 130/80 mm Hg em vez do limite comummente aceite de 140/90 mm Hg 

Segundo a AHA, «o novo limiar levaria a que 46% cento da população adulta dos EUA seja categorizada como hipertensa», lembrando que usando o limite anterior, esse número seria de 32% dos adultos americanos. 

O comunicado pode ser consultado na íntegra aqui

18tm02P
11 de Janeiro de 2018
1802Pub5f18tm02P

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

12.12.2018

 Infarmed disponibiliza relatório anual sobre estatísticas do medicamento

A Autoridade Nacional do Medicamento divulgou esta terça-feira o seu relatório anual «Estatística do...

por Teresa Mendes | 12.12.2018

Conselho das Finanças Públicas alerta para «restrições efetivas no acesso»...

«Considerando que Portugal possui um sistema nacional de saúde com cobertura automática e integral d...

12.12.2018

Ordem dos Médicos pede «exceção» para operar crianças 

A Ordem dos Médicos (OM) defendeu esta terça-feira, no final de uma reunião com os diretores clínico...

por Teresa Mendes | 11.12.2018

Equipa dedicadas nos serviços de Urgência avançam em 2019

O conceito de Centro de Responsabilidade Integrada (CRI) será estendido aos serviços de Urgência hos...

por Teresa Mendes | 11.12.2018

Ordem dos Enfermeiros abandona Convenção Nacional de Saúde

A Ordem dos Enfermeiros (OE) decidiu abandonar a Convenção Nacional de Saúde (CNS) por considerar qu...

11.12.2018

 Marta Temido defende reflexão profunda para «sair da fase da estagnação»

Passados dez anos sobre a reforma dos cuidados de saúde primários (CSP), a ministra da Saúde defende...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.