«Vou continuar a lutar para que a saúde chegue a todos os portugueses»

09.02.2018

Miguel Guimarães cumpre um ano à frente da OM
Assinalando um ano sobre a tomada de posse como bastonário da Ordem dos Médicos (OM), Miguel Guimarães gravou, em formato de vídeo, uma mensagem, na qual deixa o seu «sentido agradecimento a todos os médicos pelo contributo e apoio nesta caminhada».

Na missiva, o responsável lembra que a defesa da qualidade da medicina e da formação médica têm sido os principais desafios do seu mandato à frente OM – cujo primeiro ano se assinalou nesta quinta-feira -, aspetos que considera «absolutamente essenciais para fortalecer o Serviço Nacional de Saúde (SNS)».

«Nós só podemos ter uma saúde melhor, mais forte, com mais qualidade se tivermos um bom SNS», reforça o dirigente.

A carreira médica é igualmente, para Miguel Guimarães, um «grande desafio, que se enquadra com a revisão da Lei de Base de saúde que está neste momento em cima da mesa». 

E, sobre esta revisão, o bastonário adianta que a OM, juntamente com todos os colegas que queiram ser ouvidos, com os sindicatos médicos, «irá seguramente apresentar algumas propostas que podem vir a ser fundamentais para reforçar e valorizar aquilo que é a carreira dos médicos do SNS, mas também na própria medicina privada».

Assinalando um ano sobre a tomada de posse como bastonário da Ordem dos Médicos (OM), Miguel Guimarães deixa o seu «sentido agradecimento a todos os médicos pelo contributo e apoio nesta caminhada» 

No final da mensagem, o responsável destaca ainda «a mais recente conquista» da OM, a criação de um fundo de apoio à formação médica, garantindo que irá «continuar a lutar para que a saúde chegue também e de forma equitativa a todos os portugueses».

O vídeo pode ser visualizado aqui ou aqui 

18tm06R
09 de Fevereiro de 2018
1806Pub6f18tm06R

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 15.10.2018

Ordens dos Médicos e dos enfermeiros apreensivas com mudança de ministro

Numa reação à substituição de Adalberto Campos Fernandes por Marta Temido na pasta da Saúde, o basto...

por Teresa Mendes | 15.10.2018

 Abertas as candidatura aos «Prémios Maratona da Saúde em Investigação Biom...

Estão abertas as candidaturas aos «Prémios Maratona da Saúde em Investigação Biomédica», uma iniciat...

por Teresa Mendes | 15.10.2018

Doentes críticos em risco no Hospital Fernando Fonseca 

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) alerta para a «situação de carência extrema de médicos no...

13.10.2018

Mais de metade dos portugueses sem acesso à Reumatologia nos hospitais públ...

Mais de metade dos portugueses (51,8%) não tem acesso a reumatologista nos hospitais públicos, exist...

por Teresa Mendes | 13.10.2018

Dívida dos hospitais às farmacêuticas atinge o valor mais alto de 2018

A dívida total dos hospitais públicos aos laboratórios farmacêuticos atingiu em agosto o valor mais...

11.10.2018

Primeiros testes rápidos são «marco histórico no combate à epidemia» do VIH

«Continuamos em Portugal a diagnosticar os doentes muito tardiamente», alertou o secretário de Estad...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.