Maternidade Bissaya Barreto em risco de colapso

foto de "DR" DIARIO DAS BEIRAS | 13.03.2018

Médicos já enviaram à OM 28 declarações de isenção de responsabilidade
Os médicos da Maternidade Bissaya Barreto, em Coimbra, estão a enviar ao Conselho Regional do Centro da Ordem dos Médicos (OM), bem como à direção de Serviço de Neonatologia, declarações de isenção de responsabilidade.

Em causa o risco de colapso daquela maternidade devido à «escassez de meios para o cabal desempenho da atividade assistencial». Nos últimos dias, a OM já recebeu 28 declarações.

«Está em causa a realização de consultas e de cirurgias, bem como o funcionamento do serviço de urgência, o apoio perinatal diferenciado, entre outros, devido à faltam médicos pediatras, ginecologistas e obstetras, cuja escassez o Ministério da Saúde não resolve há vários anos», alerta Carlos Cortes, presidente do Conselho Regional do Centro, num comunicado.

Segundo o responsável, «há mais de oito anos que não há contratação de pediatras. Há quase uma década que se assiste a uma tal escassez de meios que só com a dedicação dos profissionais é possível cumprir com as normas dos colégios da especialidade».

Carlos Cortes considera que «existe uma tentativa notória de asfixiar o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra na sua importante componente de cuidados de saúde na área materno-infantil» 

Para o dirigente, no atual contexto, «é incompreensível que não tenha sido atribuída qualquer vaga de Pediatria para as duas maternidades e Hospital Pediátrico e apenas uma vaga de Ginecologia/Obstetrícia para as várias unidades deste centro hospitalar», considerando que «existe uma tentativa notória de asfixiar o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra na sua importante componente de cuidados de saúde na área materno-infantil».  

18tm11G
13 de Março de 2018
1811Pub3f18tm11G

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

12.12.2018

 Infarmed disponibiliza relatório anual sobre estatísticas do medicamento

A Autoridade Nacional do Medicamento divulgou esta terça-feira o seu relatório anual «Estatística do...

por Teresa Mendes | 12.12.2018

Conselho das Finanças Públicas alerta para «restrições efetivas no acesso»...

«Considerando que Portugal possui um sistema nacional de saúde com cobertura automática e integral d...

por Teresa Mendes | 11.12.2018

Equipa dedicadas nos serviços de Urgência avançam em 2019

O conceito de Centro de Responsabilidade Integrada (CRI) será estendido aos serviços de Urgência hos...

por Teresa Mendes | 11.12.2018

Ordem dos Enfermeiros abandona Convenção Nacional de Saúde

A Ordem dos Enfermeiros (OE) decidiu abandonar a Convenção Nacional de Saúde (CNS) por considerar qu...

11.12.2018

 Marta Temido defende reflexão profunda para «sair da fase da estagnação»

Passados dez anos sobre a reforma dos cuidados de saúde primários (CSP), a ministra da Saúde defende...

por Teresa Mendes | 11.12.2018

António Miguel Peres Correia é o novo presidente da SPDV

António Miguel Peres Correia é o novo presidente da Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereolo...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.