Sarampo: Comissário europeu para a Saúde defende vacinação obrigatória para profissionais

22.03.2018

Responsável sugere harmonização do calendário de imunizações para as crianças
O comissário europeu para a Saúde, Vytenis Andriukaitis, defendeu esta quarta-feira, em Bruxelas, a obrigatoriedade de vacinação contra o sarampo para os profissionais de saúde e ainda a harmonização na União Europeia (UE) do calendário de imunizações para as crianças.

Falando a título pessoal, pois a vacinação é decidida pelos governos nacionais e não determinada a nível da UE, Andriukaitis adiantou, em declarações a jornalistas portugueses, que «a vacinação deveria ser obrigatória para profissionais de saúde para não disseminarem doenças entre os pacientes», esclarecendo que esta obrigatoriedade, e «já acontece em muitos dos Estados-membros».

Outra das preocupações do também cirurgião cardiotorácico são as diferenças dos calendários de vacinação das crianças entre os diferentes Estados-membros.

Por estes motivos, a Comissão Europeia, disse ainda o responsável pela pasta da Saúde, vai apresentar em breve uma comunicação ao Conselho da União Europeia que abordará todas estas questões.

«Será uma proposta muito abrangente, combinada com diferentes planos de ação e vários documentos sobre temas atuais, como a resistência antimicrobiana», disse.

O comissário europeu para a Saúde, Vytenis Andriukaitis, defendeu a obrigatoriedade de vacinação contra o sarampo para os profissionais de saúde e a harmonização na União Europeia do calendário de imunizações para as crianças 

Em Portugal, duas a três mil pessoas vacinaram-se contra o sarampo desde o início do atual surto, segundo estima a Direção-Geral da Saúde, que apela aos pais para não atrasarem a vacinação das crianças, aos 12 meses e aos cinco anos.

De acordo com o último balanço Direção-Geral da Saúde (DGS), há 62 casos de sarampo confirmados e 168 casos suspeitos.

18tm12N
22 de Março de 2018
1812Pub5f18tm12N

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 09.04.2020

 Médicos especialistas em cuidados intensivos podem não ser suficientes

O recém-nomeado presidente da Comissão de Acompanhamento da Resposta Nacional em Medicina Intensiva...

por Teresa Mendes | 09.04.2020

 OM promove inquérito nacional sobre a identificação da exposição ao SARS-C...

A Ordem dos Médicos (OM) está a promover um inquérito nacional sobre a identificação dos clínicos à...

por Teresa Mendes | 09.04.2020

Grupo CUF não cumpre as normas da DGS sobre Covid-19, denuncia a Fnam

A Federação Nacional dos Médicos (Fnam) acusa o Grupo CUF de não cumprir as normas da Direção-Geral...

por Teresa Mendes | 09.04.2020

 Doença celíaca associada ao aumento da mortalidade prematura

Apesar do aumento da consciencialização sobre a doença celíaca e de um maior acesso a alimentos sem...

por Teresa Mendes | 08.04.2020

 «Se a linha da frente cair, cairemos todos»

A Amnistia Internacional (AI) lançou esta terça-feira, no âmbito do Dia Mundial da Saúde, uma petiçã...

por Teresa Mendes | 08.04.2020

 Insa desenvolve estudo da diversidade genética do Covid-19 em Portugal

O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (Insa) está a desenvolver o estudo da diversidade...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.