Convenção Nacional da Saúde apresentada no dia 17 de abril

13.04.2018

Ordens e parceiros unem-se para debater o futuro da Saúde em Portugal
As ordens dos profissionais da Saúde e as instituições do setor – públicas, privadas e sector social – vão apresentar publicamente a Convenção Nacional da Saúde, na sede da Ordem dos Médicos (OM), em Lisboa, no próximo dia 17 de abril, pelas 11h30.

Numa nota, publicada no site da OM, é referido que este evento pretende promover «o maior debate nacional de sempre sobre o presente e o futuro da Saúde em Portugal», sendo o mesmo apresentado por Miguel Guimarães, bastonário da OM e chairman da iniciativa.

A apresentação da estrutura, que integra 26 instituições, contará ainda com as presenças de Ana Paula Martins, bastonária da Ordem dos Farmacêuticos, Ana Rita Cavaco, bastonária da Ordem dos Enfermeiros, bem como de outros membros que compõem o conselho superior da Convenção Nacional da Saúde.

Miguel Guimarães define a Convenção como «um momento de reflexão séria sobre o presente e futuro da Saúde, do qual emanará o documento que definirá a agenda da Saúde para a década», lê-se no comunicado.

Miguel Guimarães define a Convenção Nacional da Saúde como «um momento de reflexão séria sobre o presente e futuro da Saúde, do qual emanará o documento que definirá a agenda da Saúde para a década»

Composição do Conselho Superior da Convenção Nacional da Saúde:

-Associação de Distribuidores Farmacêuticos;
-Associação de Farmácias de Portugal; 
-Associação Nacional de Farmácias; 
-Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica;
-Associação Portuguesa das Empresas de Dispositivos Médicos;
-Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares;
-Associação Portuguesa de Hospitalização Privada;
-Associação Portuguesa de Importadores e Exportadores de Medicamentos;
-Associação Portuguesa de Medicamentos Genéricos e Biossimilares;
-Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade;
-Cruz Vermelha Portuguesa;
-Federação Nacional dos Prestadores de Cuidados de Saúde;
-Groquifar – Associação de Grossistas de Produtos Químicos e Farmacêuticos;
-Health Cluster Portugal – Pólo de Competitividade da Saúde;
-Instituto de Defesa do Consumidor;
-Liga dos Bombeiros de Portugal;
-Mais Participação, Melhor Saúde;
-Ordem dos Biólogos;
-Ordem dos Enfermeiros;
-Ordem dos Farmacêuticos;
-Ordem dos Médicos;
-Ordem dos Médicos Dentistas;
-Ordem dos Médicos Veterinários;
-Ordem dos Nutricionistas;
-União das Misericórdias;
-Valormed – Sociedade Gestora de Resíduos de Embalagens e Medicamentos.

18tm15R
13 de Abril de 2018
1815Pub6f18tm15R

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

26.04.2018

Governo quer alargar as 35 horas a todos os trabalhadores do setor da saúde...

O Governo quer alargar o regime das 35 horas a todos os trabalhadores do setor da saúde já a partir...

26.04.2018

ORL do CHLN mantém idoneidade formativa, mas não abre vagas para internato...

O Conselho Regional do Sul (CRS) da Ordem dos Médicos (OM) esclarece que, ao contrário do divulgado...

26.04.2018

«Terão os hospitais de passar a entidades bancárias?»

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) acusa Mário Centeno de «troçar dos portugueses» quando di...

24.04.2018

Mais de 50% da população pediátrica não tem a asma controlada

A Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC) alerta que 43% dos portugueses as...

23.04.2018

«As vacinas funcionam»

A Direção-Geral da Saúde (DGS) associa-se à Organização Mundial da Saúde (OMS) para promover a Seman...

por Teresa Mendes | 23.04.2018

CNECV volta a chumbar estatuto do «maior acompanhado»

O Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida (CNECV) voltou a reprovar a proposta de lei do...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.