Em 27 anos, consumo de tabaco entre as mulheres mais do que duplicou

por Teresa Mendes | 16.04.2018

Estudo do Insa analisa perfil do fumador de 1987 a 2014
Desde 1987 que o consumo de tabaco tem vindo a diminuir nos homens, mas a aumentar nas mulheres. E, entre estas últimas, são sobretudo as que detêm uma boa posição socioeconómica que mais fumam, verificando-se o oposto no sexo masculino.

Segundo os resultados do estudo do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (Insa), «Caraterísticas sociodemográficas dos fumadores em Portugal Continental», verificou-se que o consumo de tabaco tem vindo a diminuir entre os fumadores do sexo masculino (35,2% em 1987 para 26,7% em 2014) e a aumentar entre os fumadores do sexo feminino (6,0% em 1987 para 14,6% em 2014). 

Em ambos os sexos se verifica que «os desempregados e os divorciados apresentam maior consumo, ao longo do período analisado», salienta o documento.

Outra das conclusões deste trabalho, que analisou os dados dos Inquéritos Nacionais de Saúde (INS) disponíveis desde 1987 até 2014, é que existe uma diminuição das prevalências de consumo em quase todos os grupos etários, sendo que, no que diz respeito à região, é no Sul que os homens apresentam uma prevalência mais elevada, embora se registe uma diminuição em todos os grupos, destacando-se em particular o Alentejo com a maior prevalência de consumo.

Desde 1987 que o consumo de tabaco tem vindo a diminuir nos homens, mas a aumentar nas mulheres. E, entre estas últimas, são sobretudo as que detêm uma boa posição socioeconómica que mais fumam, verificando-se o oposto no sexo masculino 

O trabalho, da autoria de Andreia Leite, Ausenda Machado, Sónia Pinto e Carlos Matias Dias, está disponível na íntegra aqui

18tm16B
16 de Abril de 2018
1816Pub2f18tm16B

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 20.07.2018

Maioria dos médicos manifesta apoio aos chefes demissionários do Hospital d...

São já 157 os médicos da Urgência do Hospital de São José, em Lisboa, que assinaram uma carta em apo...

20.07.2018

Médicos sem especialidade podem vir a reforçar INEM

Os médicos que não conseguiram a especialidade por falta de vaga podem vir a reforçar o Instituto Na...

20.07.2018

Trinta e cinco recém-especialistas da região Centro denunciam contexto insu...

Um grupo de 35 recém-especialistas de Medicina Geral e Familiar (MGF) da região Centro alerta para a...

por Teresa Mendes | 19.07.2018

Secretária de Estado da Saúde «lança» projeto Exames Sem Papel

A partir de agosto será feita a massificação da desmaterialização do processo de requisição de meios...

19.07.2018

  Pacotes vão ter menos açúcar em 2020

A partir janeiro de 2020 vão deixar de ser produzidas doses individuais de açúcar que excedam os qua...

por Teresa Mendes | 19.07.2018

Doentes com acesso a canábis medicinal nas farmácias a partir de agosto

A Assembleia da República (AR) publicou esta quarta-feira, a Lei que regula a utilização de medicame...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.