Em 27 anos, consumo de tabaco entre as mulheres mais do que duplicou

por Teresa Mendes | 16.04.2018

Estudo do Insa analisa perfil do fumador de 1987 a 2014
Desde 1987 que o consumo de tabaco tem vindo a diminuir nos homens, mas a aumentar nas mulheres. E, entre estas últimas, são sobretudo as que detêm uma boa posição socioeconómica que mais fumam, verificando-se o oposto no sexo masculino.

Segundo os resultados do estudo do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (Insa), «Caraterísticas sociodemográficas dos fumadores em Portugal Continental», verificou-se que o consumo de tabaco tem vindo a diminuir entre os fumadores do sexo masculino (35,2% em 1987 para 26,7% em 2014) e a aumentar entre os fumadores do sexo feminino (6,0% em 1987 para 14,6% em 2014). 

Em ambos os sexos se verifica que «os desempregados e os divorciados apresentam maior consumo, ao longo do período analisado», salienta o documento.

Outra das conclusões deste trabalho, que analisou os dados dos Inquéritos Nacionais de Saúde (INS) disponíveis desde 1987 até 2014, é que existe uma diminuição das prevalências de consumo em quase todos os grupos etários, sendo que, no que diz respeito à região, é no Sul que os homens apresentam uma prevalência mais elevada, embora se registe uma diminuição em todos os grupos, destacando-se em particular o Alentejo com a maior prevalência de consumo.

Desde 1987 que o consumo de tabaco tem vindo a diminuir nos homens, mas a aumentar nas mulheres. E, entre estas últimas, são sobretudo as que detêm uma boa posição socioeconómica que mais fumam, verificando-se o oposto no sexo masculino 

O trabalho, da autoria de Andreia Leite, Ausenda Machado, Sónia Pinto e Carlos Matias Dias, está disponível na íntegra aqui

18tm16B
16 de Abril de 2018
1816Pub2f18tm16B

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 15.10.2018

Ordens dos Médicos e dos enfermeiros apreensivas com mudança de ministro

Numa reação à substituição de Adalberto Campos Fernandes por Marta Temido na pasta da Saúde, o basto...

por Teresa Mendes | 15.10.2018

 Abertas as candidatura aos «Prémios Maratona da Saúde em Investigação Biom...

Estão abertas as candidaturas aos «Prémios Maratona da Saúde em Investigação Biomédica», uma iniciat...

por Teresa Mendes | 15.10.2018

Programa ajuda médicos e população a tomar decisões criteriosas em saúde

 Os profissionais de saúde e a população portuguesa já podem contar com o programa «Choosing Wisely...

por Teresa Mendes | 15.10.2018

Doentes críticos em risco no Hospital Fernando Fonseca 

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) alerta para a «situação de carência extrema de médicos no...

13.10.2018

Mais de metade dos portugueses sem acesso à Reumatologia nos hospitais públ...

Mais de metade dos portugueses (51,8%) não tem acesso a reumatologista nos hospitais públicos, exist...

por Teresa Mendes | 13.10.2018

Dívida dos hospitais às farmacêuticas atinge o valor mais alto de 2018

A dívida total dos hospitais públicos aos laboratórios farmacêuticos atingiu em agosto o valor mais...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.