Ministério da Saúde internaliza conferência de faturas do SNS

19.05.2018

SPMS assume novas competências
O Conselho de Ministros (CM) aprovou esta quinta-feira um decreto-lei que transfere para a Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) as atribuições de gestão e exploração direta do Centro de Conferência de Faturas do Serviço Nacional de Saúde (SNS).
A tutela considera que deixou de haver necessidade de recorrer a uma entidade externa.

Em declarações à agência Lusa, fonte oficial do Ministério da Saúde (MS) explicou que passou a haver competência e capacidade no MS, através da SPMS para «internalizar o serviço» que estava entregue a uma entidade externa.

«A SPMS tem experiência adquirida ao longo dos últimos anos no exercício das suas competências de gestão dos sistemas de informação da saúde, compras públicas no setor da saúde, e desmaterialização de processos», justifica o comunicado do CM

A designação do centro também muda, passando agora a denominar-se Centro de Controlo e Monitorização do SNS.

O Conselho de Ministros aprovou a transferência, para a Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, das atribuições de gestão e exploração direta do Centro de Conferência de Faturas do SNS. A tutela considera que deixou de haver necessidade de recorrer a uma entidade externa 

Recorde-se que o Centro de Conferência de Faturas do SNS estava entregue a uma entidade externa sediada no Porto, sendo responsável por gerir e assegurar todas as atividades relacionadas com o processamento de conferência de faturas, desde a receção das prescrições, até apuramento dos valores devidos pelo SNS aos prestadores.

18tm20Q
18 de Maio de 2018
1820Pub6f18tm20Q

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 18.01.2019

 Portugal tem o maior rácio de médicos de MGF por habitante da UE

Portugal é o país da União Europeia (UE) com a maior taxa de especialistas de Medicina Geral e Famil...

18.01.2019

CHUC lança projeto «H2 – Humanizar o Hospital»

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) lança, no próximo dia 24, o projeto «H2 - Huma...

por Teresa Mendes | 18.01.2019

Daniel Ferro substitui Carlos Martins à frente do CHULN

Daniel Ferro, atual presidente do conselho de administração do Hospital Garcia de Orta, vai substitu...

por Teresa Mendes | 17.01.2019

Centro Hospitalar do Oeste está «refém de prestadores de serviço»

O Centro Hospitalar do Oeste (CHO) é a terceira unidade de saúde do país com maior volume de horas c...

por Teresa Mendes | 17.01.2019

Cancro digestivo mata uma pessoa a cada hora em Portugal

O cancro digestivo mata uma pessoa por hora em Portugal, uma doença que tem vindo a aumentar nos últ...

por Teresa Mendes | 16.01.2019

Governo quer melhorar os Serviços de Urgência

O Governo criou um grupo de trabalho para estudar os diferentes modelos organizativos no funcionamen...

por Teresa Mendes | 16.01.2019

 SIM acusa Governo de não resolver a «situação crítica» no INML

No dia da abertura do ano judicial o Sindicato Independente dos Médicos (SIM) deixou um apelou ao Go...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.