Abertas as candidaturas ao Prémio de Saúde Pública Francisco George

11.06.2018

Galardão será entregue no Dia Mundial da Saúde
Estão abertas as candidaturas ao Prémio de Saúde Pública Francisco George, que visa distinguir trabalhos e estudos de investigação, inéditos e inovadores, em temas de saúde pública de relevante interesse e impacto para a defesa da saúde pública.

Esta é uma iniciativa do Ministério da Saúde (MS), que foi tornada pública no dia 20 de outubro de 2017, data em que Francisco George cessou as funções de Diretor-Geral da Saúde, por limite de idade.

Segundo o MS, apenas serão admitidos trabalhos e estudos de investigação inéditos, ou seja, todos aqueles que até à data da sua apreciação pelo júri não tenham sido previamente publicados ou premiados em concurso por outra entidade.

O mérito dos trabalhos e estudos de investigação «será apreciado tendo em conta o carácter de originalidade, excelência, aplicabilidade ou utilidade futura, a possibilidade da sua replicação, e a sua relevância e impacto na defesa da saúde pública», salienta um comunicado publicado no Portal do SNS.

Estão abertas as candidaturas ao Prémio de Saúde Pública Francisco George, que visa distinguir trabalhos e estudos de investigação, inéditos e inovadores, em temas de saúde pública de relevante interesse e impacto para a defesa da saúde pública 

O prémio, no valor de 5 mil euros, e as menções honrosas, caso tenham sido atribuídas, e respetivos diplomas, serão entregues em cerimónia pública a realizar no Dia Mundial da Saúde, assinalado a 7 de abril.

A apresentação das candidaturas decorrerá até 31 de agosto.

Todas as informações e regulamento

18tm24C
11 de Junho de 2018
1824Pub2f18tm24C

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

20.06.2018

OM Pharma, do Grupo Vifor Pharma, inaugura nova fábrica em Alfragide

Foi   inaugurada a nova fábrica da OM Pharma, localizada em Alfragide (Amadora), implementada com um...

por Teresa Mendes | 20.06.2018

Tutela garante que vai contratar pelo menos 2 mil novos profissionais

O Ministério da Saúde diz ter «fechado um plano» para compensar a passagem das 40 para as 35 horas s...

por Teresa Mendes | 20.06.2018

«Queremos taxas moderadoras inteligentes»

«Queremos taxas moderadores inteligentes, que sejam capazes de acompanhar e de constituir um instrum...

20.06.2018

A «prudência» do ministro versus a urgência do bastonário

Ordem dos Médicos e Ministério da Saúde têm leituras das conclusões do Relatório Primavera 2018.<br...

19.06.2018

Peritos apresentam estratégias para sensibilizar doentes de risco cardiovas...

A Sociedade Portuguesa de Hipertensão (SPH) organiza, no próximo dia 30 de junho, na Faculdade Ferna...

19.06.2018

Infarmed aprovou 111 medicamentos inovadores nos últimos dois anos

A Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed) aprovou nos últimos dois anos 11...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.