Governo vai cortar nas quantidades de açúcar, sal e gordura

13.06.2018

Até ao final do mês será definido cabaz de produtos abrangidos
O Ministério da Saúde está em negociações com o setor agroalimentar para estudar cortes nas quantidades de açúcar, gorduras sal.
O secretário de Estado Adjunto da Saúde, Fernando Araújo, espera um acordo para muito breve, estando confiante na «abertura» tanto da indústria como da distribuição para o fazer.

Em declarações ao Fórum TSF do passado dia 8 de junho, que discutiu se Governo deve ou não aumentar os impostos dos alimentos com excesso de sal e açúcar, o responsável disse esperar chegar a acordo «até ao final de junho, ou início de julho» sobre quais os produtos abrangidos, quais as quantidades de açúcar, sal e gorduras a reduzir e como é que será feita a monitorização pública para saber se os objetivos estão a ser cumpridos. 

«Se conseguirmos esses objetivos ambiciosos, não serão necessários novos impostos no orçamento», admitiu Fernando Araújo.

O Ministério da Saúde está em negociações com o setor agroalimentar para estudar cortes nas quantidades de açúcar, gorduras sal. O secretário de Estado Adjunto da Saúde, Fernando Araújo, espera um acordo para muito breve, estando confiante na «abertura» tanto da indústria como da distribuição para o fazer

O Governo está ainda a estudar a possibilidade de introduzir novos escalões na tributação das bebidas açucaradas.

Em suma, pretende-se ao longo de três anos, de forma faseada, atingir os valores de consumo de açúcar e gorduras recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

18tm24J
13 de Junho de 2018
1824Pub4f18tm24J

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 14.06.2019

Rui Ivo volta a ser presidente do Infarmed

Rui Ivo é nomeado, pela segunda vez, presidente da direção do Infarmed.<br /> A nomeação do Conselh...

por Teresa Mendes | 14.06.2019

 Médicos estão cada vez mais receosos quando têm que denunciar insuficiênci...

Os profissionais de saúde têm «cada vez mais receio» de denunciar situações de insuficiências ou mau...

por Teresa Mendes | 14.06.2019

 IPO Lisboa apela à dádiva de sangue

No âmbito do Dia Mundial do Dador de Sangue, que se celebra esta sexta-feira, dia 14 de junho, o Ser...

14.06.2019

Taxas moderadoras nos centros de saúde com fim à vista

A proposta do Bloco de Esquerda que dita o fim das taxas moderadoras nos centros de saúde vai ser vo...

por Teresa Mendes | 12.06.2019

Médicos com alojamento assegurado para reforço de cuidados de saúde no verã...

 A Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve vai assegurar residência aos médicos que queiram...

por Teresa Mendes | 12.06.2019

Argumentos que pretendem proibir PPP na saúde «não são razoáveis»

Numa altura em que foi adiada a votação do artigo sobre as PPP da Lei de Bases da Saúde para o próxi...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.