Primeiras consultas de Oftalmologia podem vir a ser feitas nos CSP

por Teresa Mendes | 26.06.2018

Objetivo é «libertar a estrutura hospitalar para tarefas de maior complexidade clínica»
A comissão da Estratégia Nacional para a Saúde da Visão propõe rastreios infantis e o rastreio sistemático de retinopatia a todos os diabéticos nos cuidados de saúde primários (CSP).
No documento, divulgado hoje pela Direção-Geral da Saúde, é também proposta a realização de primeiras consultas nos CSP para «libertar a estrutura hospitalar para tarefas de maior complexidade clínica».

A equipa que elaborou a estratégia, sugere igualmente a criação de «pontos de observação única para identificação de doença ou fatores de risco para o glaucoma e degenerescência macular da Idade nas pessoas com 60 ou mais anos».

De uma forma geral, os objetivos da Estratégia passam, essencialmente, por «garantir a universalidade dos cuidados de saúde visual à população portuguesa, melhorando a acessibilidade e garantindo a equidade».

Ao nível da rede hospitalar já organizada, a Estratégia propõe a criação prioritária de uma Rede Nacional de Rastreio e Tratamento de Retinopatia da Prematuridade, bem como a reorganização dos serviços de urgência em Oftalmologia.

A comissão da Estratégia Nacional para a Saúde da Visão propõe rastreios infantis e o rastreio sistemático de retinopatia a todos os diabéticos nos CSP. No documento é também proposta a realização de primeiras consultas nos CSP para «libertar a estrutura hospitalar para tarefas de maior complexidade clínica» 

A estratégia apresentada será globalmente suportada por um sistema de informação a desenvolver pelos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS).

A Estratégia Nacional para a Saúde da Visão, que está em discussão pública até 26 de julho, está disponível aqui

As propostas podem ser enviados para o seguinte endereço de e-mail: ENSAVI@dgs.min-saude.pt

18tm26H
26 de Junho de 2018
1826Pub3f18tm26H

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 18.01.2019

Economista Márcia Roque é a nova presidente da ACSS

O Conselho de Ministros (CM) desta quinta-feira nomeou a economista Márcia Roque para presidente do...

por Teresa Mendes | 18.01.2019

 Portugal tem o maior rácio de médicos de MGF por habitante da UE

Portugal é o país da União Europeia (UE) com a maior taxa de especialistas de Medicina Geral e Famil...

18.01.2019

CHUC lança projeto «H2 – Humanizar o Hospital»

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) lança, no próximo dia 24, o projeto «H2 - Huma...

por Teresa Mendes | 18.01.2019

Daniel Ferro substitui Carlos Martins à frente do CHULN

Daniel Ferro, atual presidente do conselho de administração do Hospital Garcia de Orta, vai substitu...

por Teresa Mendes | 17.01.2019

Centro Hospitalar do Oeste está «refém de prestadores de serviço»

O Centro Hospitalar do Oeste (CHO) é a terceira unidade de saúde do país com maior volume de horas c...

por Teresa Mendes | 17.01.2019

Cancro digestivo mata uma pessoa a cada hora em Portugal

O cancro digestivo mata uma pessoa por hora em Portugal, uma doença que tem vindo a aumentar nos últ...

por Teresa Mendes | 16.01.2019

Governo quer melhorar os Serviços de Urgência

O Governo criou um grupo de trabalho para estudar os diferentes modelos organizativos no funcionamen...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.