Maioria dos médicos manifesta apoio aos chefes demissionários do Hospital de São José

por Teresa Mendes | 20.07.2018

Bastonário considera «notável a solidariedade manifestada»
São já 157 os médicos da Urgência do Hospital de São José, em Lisboa, que assinaram uma carta em apoio aos 16 chefes de equipa demissionários.
O bastonário da Ordem dos Médicos considera «notável a solidariedade manifestada», sendo o documento «revelador da gravidade da situação».

A carta é assinada pela grande maioria dos clínicos da Urgência de Medicina Interna e Cirurgia Geral, entre outras especialidades e surgiu com o objetivo de «manifestar todo o apoio aos seus chefes e partilhar as mesmas preocupações».

«É louvável a coragem dos chefes de equipa que tomam esta atitude em defesa dos doentes e da qualidade dos cuidados de saúde, bem como é notável a solidariedade manifestada pelos médicos do hospital», salienta Miguel Guimarães num comunicado, acrescentando que o documento «é muito expressivo e revelador da gravidade da situação que a maioria dos colegas subscreva as preocupações com a falta de segurança que foram denunciadas pelos chefes de equipa da urgência».

O bastonário da Ordem dos Médicos considera «notável a solidariedade manifestada» 

«A liderança, para além dos aspetos de coordenação assistencial médica e de tomada de decisão clínica, implica a defesa da coesão das equipas, a manutenção de um elevado nível de qualidade nos cuidados prestados aos doentes, a segurança das condições de trabalho dos médicos, a conservação da capacidade de formação pré e pós-graduada e a continuidade da uma tradição secular de excelência», lê-se no documento assinado por 157 médicos, sendo que nas equipas de Urgência de Medicina e Cirurgia trabalham cerca de 170 clínicos.

18tm29T
20 de Julho de 2018
1829Pub6f18tm29T

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 14.08.2018

 Hipertensão é o principal problema de saúde dos utentes da ARSLVT

A hipertensão é o principal problema de saúde dos utentes dos cuidados de saúde primários da Adminis...

por Teresa Mendes | 14.08.2018

Doentes continuam sem acesso à nutrição parentérica no ambulatório

A nutrição parentérica ou entérica continua a não estar acessível aos doentes que dela precisam nos...

14.08.2018

Horas de sono a mais aumentam risco cardiovascular

Dormir menos do que sete horas diárias ou mais do que as oito recomendadas pode aumentar o risco de...

por Teresa Mendes | 13.08.2018

Especialistas portugueses integram missão contra o Ébola

Três especialistas portugueses vão integrar uma missão internacional de prevenção e resposta rápida...

por Teresa Mendes | 13.08.2018

Concurso de colocação dos médicos recém-especialistas é uma «falácia»

A Federação Nacional dos Médicos (Fnam) considera o concurso de colocação dos médicos recém-especial...

13.08.2018

IPO de Lisboa regista aumento de quase 30% da produção científica

 O Anuário da Atividade Científica 2017 do Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa já pode...

13.08.2018

Recolha de resíduos de medicamentos aumentou 8%

A Valormed recolheu 560 toneladas de resíduos de medicamentos no primeiro semestre de 2018, mais 8%...

10.08.2018

CHVNGE realiza cirurgia inovadora que evita remoção total do pulmão

O Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia e Espinho (CHVNGE) realizou, pela primeira vez em Portugal,...

por Teresa Mendes | 10.08.2018

Tutela lança novo serviço do SNS 24 sobre sangue e transplantação

O Centro de Contacto do Serviço Nacional de Saúde (SNS 24) tem um novo serviço informativo para os c...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.