Quase 10% dos lugares para recém-especialistas ficaram desertos

08.08.2018

Apenas foram preenchidas 1117 das 1234 vagas a concurso
Das 1234 vagas disponíveis para os médicos recém-especialistas, apenas 1117 foram preenchidas. Ou seja, quase 10% dos lugares ao concurso aberto há duas semanas ficaram vazios.

Das 117 vagas por preencher, e de acordo com o jornal Público, que cita dados da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), 27 correspondem a lugares para a Medicina Geral e Familiar, e 90 para as áreas hospitalares e de Saúde Pública.

Os números ficam aquém dos objetivos do ministério da Saúde, mas, em 16 das 44 especialidades, o número de candidatos foi igual ou superior ao das vagas que foram abertas no concurso lançado no dia 26 de julho. Exemplo disso são as especialidades de Psiquiatria, Genética médica, Nefrologia, Cirurgia geral ou Pneumologia, em que as candidaturas corresponderam ao número de vagas disponíveis.

Das 1234 vagas disponíveis para os médicos recém-especialistas, apenas 1117 foram preenchidas 

Já em áreas como a Ortopedia, a Oftalmologia ou a Neurocirurgia, existem vagas que ficaram por preencher.
A Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS) revela mesmo que para a Cirurgia maxilofacial não houve sequer um candidato para os três lugares que estavam disponíveis.

O bastonário da Ordem dos Médicos já reagiu, considerando, em declarações à agência Lusa, que a situação «mostra que quanto mais cedo abrem os concursos, maior é a percentagem de ocupação de vagas». 

18tm32L
08 de Agosto de 2018
1832Pub4f18tm32L

Publicada originalmente em www.univadis

E AINDA

por Teresa Mendes | 14.08.2018

 Hipertensão é o principal problema de saúde dos utentes da ARSLVT

A hipertensão é o principal problema de saúde dos utentes dos cuidados de saúde primários da Adminis...

por Teresa Mendes | 14.08.2018

Doentes continuam sem acesso à nutrição parentérica no ambulatório

A nutrição parentérica ou entérica continua a não estar acessível aos doentes que dela precisam nos...

14.08.2018

Horas de sono a mais aumentam risco cardiovascular

Dormir menos do que sete horas diárias ou mais do que as oito recomendadas pode aumentar o risco de...

por Teresa Mendes | 13.08.2018

Especialistas portugueses integram missão contra o Ébola

Três especialistas portugueses vão integrar uma missão internacional de prevenção e resposta rápida...

por Teresa Mendes | 13.08.2018

Concurso de colocação dos médicos recém-especialistas é uma «falácia»

A Federação Nacional dos Médicos (Fnam) considera o concurso de colocação dos médicos recém-especial...

13.08.2018

IPO de Lisboa regista aumento de quase 30% da produção científica

 O Anuário da Atividade Científica 2017 do Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa já pode...

13.08.2018

Recolha de resíduos de medicamentos aumentou 8%

A Valormed recolheu 560 toneladas de resíduos de medicamentos no primeiro semestre de 2018, mais 8%...

10.08.2018

CHVNGE realiza cirurgia inovadora que evita remoção total do pulmão

O Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia e Espinho (CHVNGE) realizou, pela primeira vez em Portugal,...

por Teresa Mendes | 10.08.2018

Tutela lança novo serviço do SNS 24 sobre sangue e transplantação

O Centro de Contacto do Serviço Nacional de Saúde (SNS 24) tem um novo serviço informativo para os c...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.