Centenas de médicos do privado impedidos de atender doentes da ADSE

09.08.2018

Presidente da APHP diz-se «espantado» com falta de resposta do subsistema
Centenas de médicos dos hospitais privados estão a ser impedidos de prestar serviços aos beneficiários da ADSE sem que haja justificação da parte do subsistema de saúde dos funcionários públicos, alertou esta quarta-feira a Associação Portuguesa de Hospitalização Privada (APHP).

Em entrevista à agência Lusa, o presidente da APHP, Óscar Gaspar, estima que sejam cerca de 400 os médicos de várias especialidades hospitalares que estão disponíveis para atender beneficiários da ADSE e que «há meses que estão sem resposta».

«Há centenas de médicos nos hospitais privados que estão disponíveis para prestar serviço aos beneficiários da ADSE, mas há uma decisão administrativa de esses médicos não poderem prestar serviço», afirmou Óscar Gaspar.

«A ADSE diz que lhe compete verificar quais os médicos de cada instituição que podem ou não podem [prestar serviço aos seus beneficiários]. Há várias centenas de médicos que estão inscritos na plataforma, que solicitaram a adesão ao sistema e que há muitos meses que não têm o “OK” por parte da ADSE», acrescentou.

«Há centenas de médicos nos hospitais privados que estão disponíveis para prestar serviço aos beneficiários da ADSE, mas há uma decisão administrativa de esses médicos não poderem prestar serviço», afirmou Óscar Gaspar 

O dirigente adiantou ainda que não tem havido resposta ou explicações sobre esta questão por parte da ADSE «nem aos médicos, nem aos hospitais privados».

Óscar Gaspar confessa-se «espantado» com o «comportamento de grande discricionariedade» da parte da ADSE no relacionamento com os hospitais privados, considerando que «devia haver uma abordagem de negociação e de identificação clara dos problemas».

18tm32P
09 de Agosto de 2018
1832Pub5f18tm32P

Publicada originalmente em www.univadis

E AINDA

12.12.2018

 Infarmed disponibiliza relatório anual sobre estatísticas do medicamento

A Autoridade Nacional do Medicamento divulgou esta terça-feira o seu relatório anual «Estatística do...

por Teresa Mendes | 12.12.2018

Conselho das Finanças Públicas alerta para «restrições efetivas no acesso»...

«Considerando que Portugal possui um sistema nacional de saúde com cobertura automática e integral d...

12.12.2018

Ordem dos Médicos pede «exceção» para operar crianças 

A Ordem dos Médicos (OM) defendeu esta terça-feira, no final de uma reunião com os diretores clínico...

por Teresa Mendes | 11.12.2018

Equipa dedicadas nos serviços de Urgência avançam em 2019

O conceito de Centro de Responsabilidade Integrada (CRI) será estendido aos serviços de Urgência hos...

por Teresa Mendes | 11.12.2018

Ordem dos Enfermeiros abandona Convenção Nacional de Saúde

A Ordem dos Enfermeiros (OE) decidiu abandonar a Convenção Nacional de Saúde (CNS) por considerar qu...

11.12.2018

 Marta Temido defende reflexão profunda para «sair da fase da estagnação»

Passados dez anos sobre a reforma dos cuidados de saúde primários (CSP), a ministra da Saúde defende...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.