Centenas de médicos do privado impedidos de atender doentes da ADSE

09.08.2018

Presidente da APHP diz-se «espantado» com falta de resposta do subsistema
Centenas de médicos dos hospitais privados estão a ser impedidos de prestar serviços aos beneficiários da ADSE sem que haja justificação da parte do subsistema de saúde dos funcionários públicos, alertou esta quarta-feira a Associação Portuguesa de Hospitalização Privada (APHP).

Em entrevista à agência Lusa, o presidente da APHP, Óscar Gaspar, estima que sejam cerca de 400 os médicos de várias especialidades hospitalares que estão disponíveis para atender beneficiários da ADSE e que «há meses que estão sem resposta».

«Há centenas de médicos nos hospitais privados que estão disponíveis para prestar serviço aos beneficiários da ADSE, mas há uma decisão administrativa de esses médicos não poderem prestar serviço», afirmou Óscar Gaspar.

«A ADSE diz que lhe compete verificar quais os médicos de cada instituição que podem ou não podem [prestar serviço aos seus beneficiários]. Há várias centenas de médicos que estão inscritos na plataforma, que solicitaram a adesão ao sistema e que há muitos meses que não têm o “OK” por parte da ADSE», acrescentou.

«Há centenas de médicos nos hospitais privados que estão disponíveis para prestar serviço aos beneficiários da ADSE, mas há uma decisão administrativa de esses médicos não poderem prestar serviço», afirmou Óscar Gaspar 

O dirigente adiantou ainda que não tem havido resposta ou explicações sobre esta questão por parte da ADSE «nem aos médicos, nem aos hospitais privados».

Óscar Gaspar confessa-se «espantado» com o «comportamento de grande discricionariedade» da parte da ADSE no relacionamento com os hospitais privados, considerando que «devia haver uma abordagem de negociação e de identificação clara dos problemas».

18tm32P
09 de Agosto de 2018
1832Pub5f18tm32P

Publicada originalmente em www.univadis

E AINDA

por Teresa Mendes | 13.08.2018

Especialistas portugueses integram missão contra o Ébola

Três especialistas portugueses vão integrar uma missão internacional de prevenção e resposta rápida...

por Teresa Mendes | 13.08.2018

Concurso de colocação dos médicos recém-especialistas é uma «falácia»

A Federação Nacional dos Médicos (Fnam) considera o concurso de colocação dos médicos recém-especial...

13.08.2018

IPO de Lisboa regista aumento de quase 30% da produção científica

 O Anuário da Atividade Científica 2017 do Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa já pode...

13.08.2018

Recolha de resíduos de medicamentos aumentou 8%

A Valormed recolheu 560 toneladas de resíduos de medicamentos no primeiro semestre de 2018, mais 8%...

10.08.2018

CHVNGE realiza cirurgia inovadora que evita remoção total do pulmão

O Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia e Espinho (CHVNGE) realizou, pela primeira vez em Portugal,...

por Teresa Mendes | 10.08.2018

Tutela lança novo serviço do SNS 24 sobre sangue e transplantação

O Centro de Contacto do Serviço Nacional de Saúde (SNS 24) tem um novo serviço informativo para os c...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.