Autorizada terceira fase de obras no CHVNG/E

foto de "DR" | 16.08.2018

Reunião contou com a presença do ministro e da secretária de Estado da Saúde 
O Governo autorizou o arranque da terceira fase de obras no Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho (CHVNG/E), revelou esta terça-feira a Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia após uma reunião com o Ministério da Saúde. 

Em comunicado, a Câmara refere que «com a fase B das obras no terreno, a tutela assumiu a prioridade à terceira fase da obra, autorizando o avanço dos projetos para a execução e financiamento da fase C do novo edifício hospitalar».

«É consensual para o Ministério da Saúde a concretização do Plano de Reestruturação de Instalações, de forma a garantir que, no final da fase B seja possível arrancar imediatamente com a fase seguinte, tendo como quadro temporal da fase C o período 2019-2021», diz ainda a nota.

Em causa está uma das unidades do CHVNG/E, localizada em Vila Nova de Gaia, equipamento que nas últimas semanas esteve no centro das atenções devido à denúncia de que estavam a ser realizados internamentos em macas no Serviço de Urgência.

O Governo autorizou o arranque da terceira fase de obras no Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho (CHVNG/E), revelou esta terça-feira a Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia após uma reunião com o Ministério da Saúde

A reunião contou com a presença do ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, da secretária de Estado da Saúde, Rosa Valente de Matos, do presidente da câmara Eduardo Vítor Rodrigues, do presidente do conselho de administração do hospital de Gaia, António Dias Alves, do diretor clínico, José Moreira da Silva, e representantes da Administração Regional de Saúde do Norte e da Administração Central do Sistema de Saúde.

Entretanto, esta segunda-feira, o conselho de administração do hospital afirmou, também em comunicado enviado à agência Lusa, que «estão resolvidos os problemas dos de internamentos prolongados em Serviço de Urgência», uma situação que tinha sido denunciada pela Ordem dos Enfermeiros.

18tm33J
16 de Agosto de 2018
1833Pub5f18tm33J

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 22.01.2019

Mortalidade infantil subiu 26% em 2018

A mortalidade infantil sofreu uma inversão de tendência e aumentou 26% em 2018, segundo dados provis...

por Teresa Mendes | 22.01.2019

Serviços de Urgência já estão a recusar doentes

Nas últimas semanas, alguns Serviços de Urgência (SU) tiveram que recusar doentes devido à sobrelota...

por Teresa Mendes | 22.01.2019

Alergia da expressão cutânea em debate

Vai decorrer, no próximo dia 23 de fevereiro, no Palácio da Lousã Boutique Hotel, a 6.ª Reunião Temá...

por Teresa Mendes | 22.01.2019

Internamentos por bronquiolites em crianças está a aumentar

A bronquiolite é responsável por dois em cada dez internamentos de crianças com menos de dois anos,...

21.01.2019

Resistência à vacinação entre as 10 maiores ameaças à saúde em 2019

A Organização Mundial da Saúde (OMS) elaborou um Top 10 dos assuntos mais preocupantes em 2019 e que...

por Teresa Mendes | 18.01.2019

Economista Márcia Roque é a nova presidente da ACSS

O Conselho de Ministros (CM) desta quinta-feira nomeou a economista Márcia Roque para presidente do...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.