Suplementos de óleo de peixe e ómega 3 não reduzem risco de DCV

por Zózimo Zorrinho | 29.08.2018

Estudo seguiu mais de 15.000 pessoas com diabetes durante sete anos
 
Os suplementos de óleo de peixe não ajudam a prevenir ataques cardíacos ou acidentes vasculares cerebrais, segundo um estudo divulgado esta semana, o mais recente de um crescente número de investigações sobre a ineficácia de comprimidos com ácidos gordos ómega 3.

Mais de 15.000 pessoas com diabetes, mas sem sinais de doença cardiovascular, participaram num estudo levado a cabo no Reino Unidos, cujos resultados foram publicados no New England Journal of Medicine
Metade dos participantes recebeu uma cápsula de ómega 3 por dia, enquanto a outra metade recebeu um comprimido placebo com azeite.

Os pacientes foram acompanhados durante uma média de sete anos. Entre os que tomaram pílulas de óleo de peixe, 8,9% sofreram um ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral, em comparação com 9,2% no grupo placebo.

Os suplementos de óleo de peixe não ajudam a prevenir ataques cardíacos ou acidentes vasculares cerebrais, segundo um estudo publicado no New England Journal of Medicine 

«O nosso estudo amplo e randomizado de longo prazo mostra que os suplementos de óleo de peixe não reduzem o risco de eventos cardiovasculares em pacientes com diabetes», afirmou a investigadora principal, Louise Bowman, da Universidade de Oxford.

«Esta é uma descoberta dececionante, mas está em linha com ensaios randomizados anteriores em outros tipos de pacientes com risco aumentado de eventos cardiovasculares, que também não mostraram benefícios dos suplementos de óleo de peixe», concluiu Bowman.

Em janeiro, uma análise de 10 estudos que envolveu 78.000 pessoas publicada no Journal of the American Medical Association (JAMA) Cardiology também concluiu que os comprimidos de óleo de peixe não previnem doenças cardíacas em pessoas de alto risco. 


18tm35J
29 de Agosto de 2018
1835Pub4f18tm35J

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 15.02.2019

Fnam pede intervenção do CNS para reformular organização dos hospitais 

A Federação Nacional dos Médicos (Fnam) apela ao presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS) para...

15.02.2019

 Ministério da Saúde vai abrir novas convenções na área da hemodiálise

O Ministério da Saúde vai abrir novas convenções com prestadores para a área da hemodiálise, esperan...

por Teresa Mendes | 15.02.2019

 Ciência Viva abre candidaturas ao concurso «Comunicar Saúde»

Estão abertas as candidaturas ao concurso «Comunicar Saúde», uma iniciativa da Ciência Viva - Agênci...

por Teresa Mendes | 15.02.2019

Publicado o primeiro manual de apoio à pessoa com doença rara

As pessoas com doença rara têm, pela primeira vez, acesso a um manual de apoio, que compila informaç...

por Teresa Mendes | 14.02.2019

Desde 2013 que o SNS não fazia tão poucas cirurgias

O Serviço Nacional de Saúde (SNS) registou um aumento da atividade assistencial em 2018, quer no núm...

por Teresa Mendes | 14.02.2019

O BREXIT explicado às empresas do setor da Saúde

Para esclarecer a questão do BREXIT às empresas portuguesas do setor da Saúde, a AICEP organiza, em...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.