Valor dos incentivos às equipas dos CRI vão chegar até aos 70%

07.09.2018

Ministério vai diferenciar de forma positiva o pagamento nos CRI
O Ministério da Saúde vai diferenciar de forma positiva o pagamento da atividade adicional interna realizada nos Centros de Responsabilidade Integrados (CRI), nomeadamente as cirurgias programadas.

Uma Portaria publicada hoje estabelece que o valor a pagar aos colaboradores pode variar entre 40% e 70%.

O objetivo é «valorizar este modelo organizativo que contribui para a melhoria do acesso e da resposta ao nível dos cuidados hospitalares, concorrendo assim para o cumprimento integral dos Tempos Máximos de Resposta Garantidos (TMRG), monitorizados no âmbito do Sistema Integrado de Gestão do Acesso ao SNS (SIGA), sistema que passa a integrar o Sistema Integrado de Gestão de Inscritos para Cirurgia (SIGIC).

O objetivo do aumento dos incentivos das equipas dos CRI é «valorizar este modelo organizativo que contribui para a melhoria do acesso e da resposta ao nível dos cuidados hospitalares, concorrendo assim para o cumprimento integral dos TMRG», lê-se na Portaria 

O valor a pagar pode variar entre 40 % e 70 %, em função, entre outros aspetos, «da tipologia da atividade, da necessidade de assegurar o cumprimento dos TMRG, de não conformidade identificadas, do grupo de patologias em causa e do número de profissionais envolvidos», pode lê-se na Portaria divulgada hoje no Diário da República.

Já o valor a pagar às equipas por produção adicional interna, que não estão organizadas em CRI, «pode variar entre 35% e 55%, conforme estabelecido, para cada grupo de procedimentos, no regulamento aprovado pelo conselho de administração», diz ainda o diploma.

18tm36R
07 de Setembro de 2018
1836Pub6f18tm36R

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 14.06.2019

Rui Ivo volta a ser presidente do Infarmed

Rui Ivo é nomeado, pela segunda vez, presidente da direção do Infarmed.<br /> A nomeação do Conselh...

por Teresa Mendes | 14.06.2019

 Médicos estão cada vez mais receosos quando têm que denunciar insuficiênci...

Os profissionais de saúde têm «cada vez mais receio» de denunciar situações de insuficiências ou mau...

por Teresa Mendes | 14.06.2019

 IPO Lisboa apela à dádiva de sangue

No âmbito do Dia Mundial do Dador de Sangue, que se celebra esta sexta-feira, dia 14 de junho, o Ser...

14.06.2019

Taxas moderadoras nos centros de saúde com fim à vista

A proposta do Bloco de Esquerda que dita o fim das taxas moderadoras nos centros de saúde vai ser vo...

por Teresa Mendes | 12.06.2019

Médicos com alojamento assegurado para reforço de cuidados de saúde no verã...

 A Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve vai assegurar residência aos médicos que queiram...

por Teresa Mendes | 12.06.2019

Argumentos que pretendem proibir PPP na saúde «não são razoáveis»

Numa altura em que foi adiada a votação do artigo sobre as PPP da Lei de Bases da Saúde para o próxi...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.