Fátima Carneiro é a patologista mais influente do mundo

21.09.2018

Distinção atribuída pela revista The Pathologist
Fátima Carneiro foi eleita a patologista mais influente do mundo.
A professora da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) e diretora do serviço de Anatomia Patologia do Centro Hospitalar de São João (CHSJ) obteve o maior número de votos, destacando-se entre os 100 candidatos.

A distinção foi atribuída à investigadora – que integra também o Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto (Ipatimup), atualmente integrado no i3S – pela revista científica The Pathologist que, ao longo de dois meses, inquiriu patologistas de todo o mundo sobre quem consideravam merecedor do título.

Os pares da nomeada destacam as capacidades de Fátima Carneiro enquanto patologista e professora universitária, mas também «as suas capacidades de liderança», refere um comunicado da FMUP.

Fátima Carneiro foi eleita a patologista mais influente do mundo. A professora da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto e diretora do serviço de Anatomia Patologia do Centro Hospitalar de São João obteve o maior número de votos, destacando-se entre os 100 candidatos 

Na nota à Imprensa, enviada à Lusa, Fátima Carneiro considera que «mais do que uma distinção pessoal, a conquista deste prémio é um reconhecimento pelo trabalho desenvolvido na Anatomia Patológica, uma especialidade médica a que, por passar despercebido, não é atribuído o valor devido, mas que é essencial para o exercício da Medicina com as suas exigências atuais».

Sobre o seu percurso, a laureada destaca, além do envolvimento no ensino e na atividade de diagnóstico, «um especial orgulho em ter conseguido atingir a senioridade na sua área de investigação, o cancro gástrico, e de todas as parcerias de investigação e ensino que estabeleci ao longo da carreira em quatro os continentes».

No que à academia e à investigação diz respeito, a docente da FMUP é autora de mais de 250 artigos científicos e contribuiu para o desenvolvimento de vários capítulos de livros de especialidade.

Natural de Angola (1954), Fátima Carneiro licenciou-se em Medicina pela FMUP em 1978. Atualmente, a professora catedrática da FMUP é, também, diretora do Serviço de Anatomia Patológica do Centro Hospitalar São João.

Na carreira de investigação de Fátima Carneiro destacou-se o seu percurso enquanto investigadora do Ipatimup.

Ao longo da sua carreira, a investigadora liderou vários projetos internacionais, foi presidente da Sociedade Europeia de Patologia (2011-2013) e, em Portugal, coordenou a Rede Nacional de Bancos de Tumores (2008). Atualmente, preside a Academia Nacional de Medicina Portuguesa.

Recorde-se que em 2015, o título de patologista mais influente do mundo foi atribuído ao médico português Manuel Sobrinho Simões – também ele docente da FMUP, fundador do Ipatimup, e patologista no CHSJ.

18tm38R
21 de Setembro de 2018
1838Pub6f18tm38R

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

21.05.2019

Há mais 60 mil portugueses sem médico de família desde o início de 2019

Desde o início deste ano que aumentou o número de portugueses sem médico de família. No final de 201...

21.05.2019

APMGF defende criação de mais 30 USF por ano

Criar mais 30 unidades de saúde familiar (USF) por ano em Portugal é uma das medidas do Projeto-Beta...

por Teresa Mendes | 21.05.2019

«NBM in Ambulatory Surgery»  em destaque  no 13.º Congresso Internacional d...

O Centro de Congressos da Alfândega do Porto vai receber, entre os dias 27 e 29 de maio, o 13.º Cong...

por Teresa Mendes | 21.05.2019

1.º Barómetro da Adoção da Telessaúde e de Inteligência Artificial

Os resultados da primeira edição do Barómetro da Adoção da Telessaúde e de Inteligência Artificial,...

por Teresa Mendes | 17.05.2019

 Executivo abre 1129 vagas para as áreas de MGF, hospitalar e de Saúde Públ...

O Governo cumpriu o prazo de 30 dias para a abertura de concursos após a fixação da lista de classif...

por Teresa Mendes | 17.05.2019

Semana Europeia do Teste da Primavera decorre até 24 de maio

Começa hoje e decorre até 24 de maio, a Semana Europeia do Teste Primavera 2019, organizada pela HIV...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.