EMA lança novo site com tecnologia «responsive»

por Teresa Mendes | 27.09.2018

Comunicação melhorada com parceiros, cidadãos e Comissão Europeia 
A Agência Europeia do Medicamento (EMA) lançou hoje, dia 27 de Setembro, um novo site que permitirá aperfeiçoar a comunicação com os seus parceiros e as partes interessadas, incluindo a Comissão Europeia, e um maior envolvimento com os cidadãos europeus, designadamente através da disponibilização de um conjunto mais alargado de informação sobre os medicamentos.

O portal agora renovado foi desenvolvido com uma tecnologia «responsive» e estará acessível através de dispositivos móveis, URL mais simples e uma apresentação gráfica mais atualizada.

O novo site apresenta igualmente um motor de busca mais aperfeiçoado, que permitirá aos seus utilizadores encontrar mais rapidamente a informação que procuram.

A estrutura e os conteúdos não sofrem alterações. No entanto, a EMA alerta para que os todos os URL atualmente guardados sejam atualizados.

«Esta nova versão do nosso website irá ajudar-nos a melhorar ainda mais a nossa comunicação com os nossos parceiros e partes interessadas, incluindo a Comissão Europeia e as nossas redes, e irá apoiar-nos a chegar aos cidadãos da União Europeia, fornecendo-lhes informação acessível e acessível. em medicamentos», salienta Guido Rasi, diretor executivo da EMA, citado num comunicado.

A Agência Europeia do Medicamento lançou um novo site que permitirá aperfeiçoar a comunicação com os seus parceiros e as partes interessadas, incluindo a Comissão Europeia, e um maior envolvimento com os cidadãos europeus 

«É particularmente importante para mim que tenhamos conseguido fazê-lo antes de nos mudarmos para Amsterdão.
Como o novo site corporativo agora está hospedado na nuvem, independentemente da localização física da EMA, será mais fácil quando se iniciar o nosso processo de realocação física nos próximos meses», sublinha ainda o responsável.

O site está disponível através do endereço www.ema.europa.eu

18tm39P
27 de Setembro de 2018
1839Pub5f18tm39P

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 23.04.2019

SIM pondera convocar greve dos médicos do Instituto Nacional de Medicina Le...

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) pondera o «endurecimento das formas de luta», nomeadament...

por Teresa Mendes | 23.04.2019

APDIP reclama estatuto de doença crónica para as imunodeficiências primária...

Na semana mundial dedicada às imunodeficiências Primárias, que se assinala de 22 a 29 de abril, a As...

por Teresa Mendes | 22.04.2019

Instituto de Medicina Legal passa a realizar autópsias aos fins-de-semana e...

O Conselho de Ministros (CM) aprovou nesta quinta-feira a proposta de lei que permite ao Instituto N...

por Teresa Mendes | 22.04.2019

Fisioterapeutas contra regulamento do Acto Médico

A Associação Portuguesa de Fisioterapeutas (Apfisio) está contra o projeto de regulamento do Acto Mé...

por Teresa Mendes | 23.04.2019

Encontro internacional debate futuro do envelhecimento<br />  

A Academia Nacional de Medicina de Portugal (ANMP), o Science Advice for Policy by European Academie...

por Teresa Mendes | 22.04.2019

 Luís Martins Amaro nomeado novo presidente do Hospital Garcia de Orta

O actual diretor executivo do agrupamento de centros de saúde Almada-Seixal, Luís Manuel Martins Ama...

por Teresa Mendes | 18.04.2019

Médicos, sindicatos e associações de doentes vão fazer périplo pelo SNS

 O Fórum Médico, plataforma que reúne todas as associações e estruturas médicas, decidiu avançar com...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.