SPMI alerta para complicações associadas ao tromboembolismo venoso

foto de "DR" | 03.10.2018

Dia Mundial da Trombose assinala-se a 13 de outubro 
Antecipando o Dia Mundial da Trombose, que se assinala a 13 de outubro, os médicos de Medicina Interna falam da necessidade de melhorar o conhecimento sobre a trombose, alertando que uma em cada quatro pessoas morre na sequência de patologias relacionadas com esta doença.

Num comunicado, João Araújo Correia, presidente da Sociedade Portuguesa da Medicina Interna (SPMI), explica que aquela Sociedade pretende consciencializar os profissionais de saúde e a população em geral para a prevenção, tratamento e identificação das complicações associadas ao tromboembolismo venoso, uma das principais causas de morte por doença cardiovascular.

Atualmente, segundo o internista, «uma em cada quatro pessoas em todo o mundo morre de doenças relacionadas com a trombose, das quais se destacam o enfarte agudo do miocárdio, o acidente vascular cerebral e o tromboembolismo venoso».

Atualmente, segundo João Araújo Correia, «uma em cada quatro pessoas em todo o mundo morre de doenças relacionadas com a trombose»

«A identificação dos doentes em risco, mediante a recolha de um conjunto dirigido de informações, permite determinar um risco elevado, moderado ou baixo de desenvolver coágulos nas veias das pernas e/ou no pulmão», sublinha o médico na nota à Imprensa.

Para assinalar o Dia Mundial da Trombose, o Núcleo de Estudos de Doença Vascular Pulmonar (NEDVP) da SPMI vai realizar, a 13 de outubro, no Hotel Olissipo Oriente, em Lisboa, a sua 4.ª Reunião Anual, que terá como tema central as «Convergências na Doença Vascular Pulmonar». 

O programa está disponível aqui  

18tm40L
03 de Outubro de 2018
1840Pub4f18tm40L

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 18.01.2019

Economista Márcia Roque é a nova presidente da ACSS

O Conselho de Ministros (CM) desta quinta-feira nomeou a economista Márcia Roque para presidente do...

por Teresa Mendes | 18.01.2019

 Portugal tem o maior rácio de médicos de MGF por habitante da UE

Portugal é o país da União Europeia (UE) com a maior taxa de especialistas de Medicina Geral e Famil...

18.01.2019

CHUC lança projeto «H2 – Humanizar o Hospital»

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) lança, no próximo dia 24, o projeto «H2 - Huma...

por Teresa Mendes | 18.01.2019

Daniel Ferro substitui Carlos Martins à frente do CHULN

Daniel Ferro, atual presidente do conselho de administração do Hospital Garcia de Orta, vai substitu...

por Teresa Mendes | 17.01.2019

Centro Hospitalar do Oeste está «refém de prestadores de serviço»

O Centro Hospitalar do Oeste (CHO) é a terceira unidade de saúde do país com maior volume de horas c...

por Teresa Mendes | 16.01.2019

Governo quer melhorar os Serviços de Urgência

O Governo criou um grupo de trabalho para estudar os diferentes modelos organizativos no funcionamen...

por Teresa Mendes | 16.01.2019

 SIM acusa Governo de não resolver a «situação crítica» no INML

No dia da abertura do ano judicial o Sindicato Independente dos Médicos (SIM) deixou um apelou ao Go...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.