Abertas as candidaturas à Bolsa de Investigação em Doença Cerebral Vascular

por Teresa Mendes | 02.10.2018

Iniciativa da Sociedade Portuguesa do Acidente Vascular Cerebral
Está aberto o período de candidaturas à Bolsa de Investigação em Doença Cerebral Vascular, anunciou a Sociedade Portuguesa do Acidente Vascular Cerebral (SPAVC).

Esta bolsa, de periocidade anual, destina-se a financiar, parcial ou totalmente, o melhor projeto de investigação científica nesta área de estudo, atribuindo o montante de 5000 euros ao trabalho vencedor.

Segundo o regulamento do concurso, os projetos terão uma duração máxima de dois anos iniciada no momento de atribuição da bolsa e terminada no momento em que seja entregue o relatório final em formato de artigo científico. 

De salientar que apenas serão admitidos projetos de trabalhos científicos a serem realizados, pelos menos parcialmente, em Instituições portuguesas.

O presidente da direção da SPAVC, José Castro Lopes, explica, num comunicado, que, na avaliação dos trabalhos, «o júri terá em conta o interesse da candidatura, bem como o mérito científico dos candidatos e Instituições participantes, de acordo com uma grelha de avaliação com critérios bem definidos pela SPAVC».

Após divulgação da atribuição da Bolsa, «a direção da SPAVC constitui-se em comissão de acompanhamento do trabalho, zelando pelo seu cumprimento de acordo com o projeto inicialmente apresentado», acrescenta o responsável.

O regulamento avança ainda que os resultados finais do projeto deverão ser apresentados em reuniões da SPAVC e publicados, no prazo de dois anos, em revista nacional ou internacional de reconhecido mérito científico.


Incentivando a apresentação de candidaturas, Castro Lopes salienta que «a investigação nesta área é extremamente necessária, uma vez que o AVC é a primeira causa de morte e invalidez de Portugal», destacando ainda o papel da valorização científica na internacionalização dos trabalhos nacionais. 

O presidente da SPAVC, Castro Lopes, salienta que «a investigação nesta área é extremamente necessária, uma vez que o AVC é a primeira causa de morte e invalidez de Portugal» 

As candidaturas deverão ser apresentadas até ao dia 5 de janeiro de 2019 e fazer-se acompanhar de um descritivo pormenorizado do trabalho a realizar, enviadas por via eletrónica à direção da SPAVC (dir@spavc.org) em formulário disponível no website da SPAVC

O vencedor da Bolsa será anunciado na sessão de encerramento do 13.º Congresso Português do AVC, agendado para os dias 31 de janeiro e 1 e 2 de fevereiro de 2019, no Porto.

Mais informações, regulamento e formulário de candidatura 

18tm40P
04 de Outubro de 2018
1840Pub5f18tm40P

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 22.01.2019

Mortalidade infantil subiu 26% em 2018

A mortalidade infantil sofreu uma inversão de tendência e aumentou 26% em 2018, segundo dados provis...

por Teresa Mendes | 22.01.2019

Serviços de Urgência já estão a recusar doentes

Nas últimas semanas, alguns Serviços de Urgência (SU) tiveram que recusar doentes devido à sobrelota...

por Teresa Mendes | 22.01.2019

Alergia da expressão cutânea em debate

Vai decorrer, no próximo dia 23 de fevereiro, no Palácio da Lousã Boutique Hotel, a 6.ª Reunião Temá...

por Teresa Mendes | 22.01.2019

Internamentos por bronquiolites em crianças está a aumentar

A bronquiolite é responsável por dois em cada dez internamentos de crianças com menos de dois anos,...

21.01.2019

Resistência à vacinação entre as 10 maiores ameaças à saúde em 2019

A Organização Mundial da Saúde (OMS) elaborou um Top 10 dos assuntos mais preocupantes em 2019 e que...

por Teresa Mendes | 18.01.2019

Economista Márcia Roque é a nova presidente da ACSS

O Conselho de Ministros (CM) desta quinta-feira nomeou a economista Márcia Roque para presidente do...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.