«Metade de todas as doenças mentais começa aos 14 anos»

por Teresa Mendes | foto de "DR" | 10.10.2018

Dia Mundial da Saúde Mental alerta para o mundo dos jovens em transformação 
«Metade de todas as doenças mentais começa aos 14 anos, embora a maioria dos casos não sejam detetados», salienta a Organização Mundial da Saúde (OMS) a propósito do Dia Mundial da Saúde Mental, que se assinala hoje, dia 10 de outubro, e que tem como tema «Jovens e Saúde Mental num mundo em transformação».

Num comunicado, a OMS alerta igualmente para o facto de a depressão ser a terceira causa principal de doença entre adolescentes e o suicídio a segunda principal causa de morte entre os jovens dos 15 aos 29 anos.

«A adolescência e os primeiros anos da vida adulta são uma época da vida em que ocorrem muitas mudanças.
Para muitos adolescentes, estes são tempos emocionantes, mas também podem ser de stress e apreensão. Em alguns casos, se não forem reconhecidos e geridos, esses sentimentos podem levar à doença mental», destaca a o organismo.

Segundo a Organização, também «o uso crescente de tecnologias online pode trazer pressões adicionais, à medida que aumenta a conectividade a redes virtuais a qualquer hora do dia ou da noite».

O alerta recai ainda nos adolescentes quem vivem em áreas afetadas por emergências humanitárias, como conflitos, desastres naturais e epidemias.

«Os jovens que vivem em situações como estas são particularmente vulneráveis a problemas mentais e doenças», destaca a OMS.

Apesar de tudo, o organismo considera que «há um crescente reconhecimento da importância de ajudar os jovens a construir a resiliência mental, desde os primeiros anos, a fim de lidar com os desafios do mundo de hoje» e aconselha pais e professores nessa tarefa.

A OMS alerta para o facto de a depressão ser a terceira causa principal de doença entre adolescentes e o suicídio a segunda principal causa de morte entre os jovens dos 15 aos 29 anos

«O apoio psicossocial pode ser fornecido nas escolas e em outros ambientes comunitários para além da formação dos profissionais de saúde, que pode ser sempre melhorada para mais facilmente serem identificados os sinais da existência de problemas mentais».

É também «essencial» o investimento por parte dos governos e o envolvimento dos setores social, da saúde e da educação em programas abrangentes, integrados e baseados em evidências para a saúde mental dos jovens, observa a OMS.

Recorde-se que o Dia Mundial da Saúde Mental foi instituído em 1992 pela Federação Mundial de Saúde Mental com o propósito de alertar a sociedade para a saúde mental enquanto área indispensável da saúde e da qualidade de vida.

O 10 de outubro passou a ser o dia do combate ao preconceito, ao estigma e ao medo da doença mental.

Mais informações  

18tm41J
10 de Outubro de 2018
1841Pub4f18tm41J

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

21.05.2019

Há mais 60 mil portugueses sem médico de família desde o início de 2019

Desde o início deste ano que aumentou o número de portugueses sem médico de família. No final de 201...

21.05.2019

APMGF defende criação de mais 30 USF por ano

Criar mais 30 unidades de saúde familiar (USF) por ano em Portugal é uma das medidas do Projeto-Beta...

por Teresa Mendes | 21.05.2019

«NBM in Ambulatory Surgery»  em destaque  no 13.º Congresso Internacional d...

O Centro de Congressos da Alfândega do Porto vai receber, entre os dias 27 e 29 de maio, o 13.º Cong...

por Teresa Mendes | 21.05.2019

1.º Barómetro da Adoção da Telessaúde e de Inteligência Artificial

Os resultados da primeira edição do Barómetro da Adoção da Telessaúde e de Inteligência Artificial,...

por Teresa Mendes | 17.05.2019

 Executivo abre 1129 vagas para as áreas de MGF, hospitalar e de Saúde Públ...

O Governo cumpriu o prazo de 30 dias para a abertura de concursos após a fixação da lista de classif...

por Teresa Mendes | 17.05.2019

Semana Europeia do Teste da Primavera decorre até 24 de maio

Começa hoje e decorre até 24 de maio, a Semana Europeia do Teste Primavera 2019, organizada pela HIV...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.