Acompanhamento anunciado aos hospitais com maus resultados deve «ir mais longe»

por Teresa Mendes | 19.10.2018

Pita Barros defende possibilidade de alteração das equipas de gestão 
 
O economista especialista em Saúde, Pedro Pita Barros, defende que o «acompanhamento regular» aos hospitais com piores resultados, anunciado na proposta do Orçamento do Estado para 2019, deveria ir «mais longe» e «implicar alteração da equipa da gestão do hospital, ou ter uma equipa de intervenção externa a apoiar a gestão do hospital a melhorar o seu desempenho».

O também membro do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida e do Conselho Nacional de Saúde, considera ainda que esta intervenção de acompanhamento regular «não deve ser limitado ao grupo de “menor eficiência”, podendo ser usado o mesmo mecanismos em qualquer dos outros grupos que apresente uma quebra de desempenho ou crescimento dos pagamentos em atraso assinalável», pode ler-se no seu blogue Momentos Económicos e não Só.

O economista especialista em Saúde, Pedro Pita Barros, defende que o «acompanhamento regular» aos hospitais com piores resultados, anunciado na proposta do Orçamento do Estado para 2019, deveria ir «mais longe» e «implicar alteração da equipa da gestão do hospital»

De acordo com o professor catedrático, é igualmente fundamental perceber se o mau resultado é fruto de má gestão ou de fundos insuficientes.

«É necessário ter um processo de claro de atuação no caso de incapacidade de melhorar a gestão, e até perceber melhor em cada caso a divisão do mau desempenho entre deficiências de gestão, ou insuficiência de fundos para alcançar, em condições de eficiência, os objetivos assistenciais solicitados ao hospital», salienta o especialista.

18tm42U
19 de Outubro de 2018
1842Pub6f18tm42U

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 21.03.2019

Infarmed aprova utilização de canábis para sete indicações terapêuticas

São sete as indicações terapêuticas para a utilização de medicamentos à base de canábis medicinal au...

por Teresa Mendes | 21.03.2019

Contratação simplificada: Técnicos de diagnóstico e terapêutica também fica...

Não são só os médicos que se sentem discriminados por não serem contemplados no processo de contrata...

21.03.2019

 Médicos alertam para rutura na Neonatologia da Maternidade Bissaya Barreto

O Sindicato dos Médicos da Zona Centro (SMZC) alertou esta quarta-feira para a rutura iminente no se...

21.03.2019

 Tutela estuda alargamento do cheque dentista a crianças menores de seis an...

O Ministério da Saúde está a estudar o alargamento dos cheques dentista a crianças menores de seis a...

20.03.2019

 APMGF teme que consultas por telemóvel aumentem as desigualdades

O presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF) critica a nova ferramenta...

20.03.2019

OM quer reunião urgente com ministra após «nível de desprezo» inédito

A Ordem dos Médicos (OM) pediu esta terça-feira uma reunião com caráter de urgência à ministra da Sa...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.