Zerbaxa demonstrou não-inferioridade em comparação com meropenem

por Teresa Mendes | 19.10.2018

Pneumonia bacteriana adquirida no hospital
O estudo de fase 3 que avalia o antibiótico Zerbaxa (ceftolozano/tazobactam) numa dose experimental para o tratamento de doentes adultos com pneumonia bacteriana adquirida no hospital (PAH) ou pneumonia bacteriana associada ao ventilador (PAV) cumpriu os endpoint primários, anunciou esta quinta-feira a MSD.

Num comunicado, a farmacêutica salienta que «foi demonstrada a não-inferioridade a meropenem, o comparador ativo, em termos de mortalidade por todas as causas ao dia 28 e na taxa de cura clínica na consulta de teste-de-cura».

Com base nestes resultados, «a MSD planeia submeter um pedido suplementar do novo medicamento à Food and Drug Administration (FDA) e à Agência Europeia do Medicamento (EMA) com vista à aprovação regulamentar de Zerbaxa para esta potencial nova indicação», informa a nota à Imprensa.

O estudo de fase 3 que avalia o antibiótico Zerbaxa (ceftolozano/tazobactam) numa dose experimental para o tratamento de doentes adultos com pneumonia bacteriana adquirida no hospital (PAH) ou pneumonia bacteriana associada ao ventilador (PAV) cumpriu os endpoint primários

«PAH e PAV são infeções pulmonares sérias e potencialmente fatais, especialmente em doentes com condições clínicas subjacentes graves», destacou Roy Baynes, vice-presidente sénior, chefe de desenvolvimento clínico global e diretor médico da Merck Research Laboratories, considerando que «os resultados do estudo ASPECT-NP demonstram o potencial papel de Zerbaxa para o tratamento de doentes com PAH e PAV».

Recorde-se que nos EUA, Zerbaxa está atualmente indicado em doentes adultos para o tratamento de infeções complicadas das vias urinárias, incluindo pielonefrite, causada por determinados microrganismos gram-negativos, e está indicado, em combinação com metronidazol, em doentes adultos para o tratamento de infeções intra-abdominais complicadas causadas por determinados agentes gram-positivos e gram-negativos.

18tm42R
19 de Outubro de 2018
1842Pub6f18tm42R

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 22.03.2019

 O polémico uso de exames com radiação nas doenças coronárias 

Numa altura em que a prevenção e tratamento das doenças cardiovasculares se reveste de maior importâ...

por Teresa Mendes | 22.03.2019

 Trofa Saúde Hospital abre dia 8 de abril em Loures

A primeira unidade no Sul do país do Grupo Trofa Saúde Hospital vai situar-se no LoureShopping, com...

por Teresa Mendes | 22.03.2019

 Três gerações vão organizar 40.º aniversário do SNS

O ex-diretor-geral da Saúde Francisco George, a subdiretora-geral da Saúde e administradora hospital...

por Teresa Mendes | 22.03.2019

 Após descida histórica, dívida dos hospitais volta a crescer

 Após uma descida histórica de quase 30% em dezembro passado, a dívida dos hospitais à indústria far...

21.03.2019

 Médicos alertam para rutura na Neonatologia da Maternidade Bissaya Barreto

O Sindicato dos Médicos da Zona Centro (SMZC) alertou esta quarta-feira para a rutura iminente no se...

21.03.2019

 Tutela estuda alargamento do cheque dentista a crianças menores de seis an...

O Ministério da Saúde está a estudar o alargamento dos cheques dentista a crianças menores de seis a...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.