Médicos do CHLN prejudicados em seis horas extra por semana

por Teresa Mendes | 06.11.2018

Denúncia do Sindicato dos Médicos da Zona Sul

 
Há mais de um ano que alguns médicos especialistas do Centro Hospitalar de Lisboa Norte (CHLN) além das 40 horas semanais, trabalham seis horas extra por semana no Serviço de Urgência (SU) sem que estas lhes sejam pagas como tal, denuncia o Sindicato dos Médicos da Zona Sul (SMZS).

De acordo com SMZS, esta situação foi proposta pelos respetivos serviços «tendo em conta o grave deficit de médicos perante enfermarias sobrelotadas e aumento de tempos de espera para consultas, cirurgias programadas e realização de exames».

A intenção seria que os médicos dedicassem as seis horas alocadas ao SU às atividades assistenciais, indo de encontro ao que é a reivindicação sindical, a passagem das 18 horas em Serviço de Urgência para 12 horas.
Mas, «passado mais de um ano, os médicos continuam a realizar as seis horas em SU, além do aumento do trabalho assistencial, fazendo com que na prática trabalhem 46 horas semanais sem que as horas extraordinárias sejam remuneradas como tal», salienta o comunicado.

Há mais de um ano que alguns médicos especialistas do Centro Hospitalar de Lisboa Norte (CHLN), além das 40 horas semanais, trabalham seis horas extra por semana no Serviço de Urgência sem que estas lhes sejam pagas como tal, denuncia o SMZS 

O SMZS informa igualmente que as reuniões tidas para tentar resolver a situação não têm surtido efeito, alegando os Recursos Humanos do CHLN que estes médicos «se cingem ao cumprimento de horário». 

Considerando que «os médicos foram ludibriados, naquilo que constitui uma atitude de má-fé do conselho de administração (CA) do CHLN», o sindicato revela ainda que irá pedir uma auditoria aos Recursos Humanos daquele centro hospitalar.

18tm45A
05 de Novembro de 2018
1845Pub2f18tm45A

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 22.03.2019

 O polémico uso de exames com radiação nas doenças coronárias 

Numa altura em que a prevenção e tratamento das doenças cardiovasculares se reveste de maior importâ...

por Teresa Mendes | 22.03.2019

 Trofa Saúde Hospital abre dia 8 de abril em Loures

A primeira unidade no Sul do país do Grupo Trofa Saúde Hospital vai situar-se no LoureShopping, com...

por Teresa Mendes | 22.03.2019

 Três gerações vão organizar 40.º aniversário do SNS

O ex-diretor-geral da Saúde Francisco George, a subdiretora-geral da Saúde e administradora hospital...

por Teresa Mendes | 22.03.2019

 Após descida histórica, dívida dos hospitais volta a crescer

 Após uma descida histórica de quase 30% em dezembro passado, a dívida dos hospitais à indústria far...

21.03.2019

 Tutela estuda alargamento do cheque dentista a crianças menores de seis an...

O Ministério da Saúde está a estudar o alargamento dos cheques dentista a crianças menores de seis a...

20.03.2019

 APMGF teme que consultas por telemóvel aumentem as desigualdades

O presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF) critica a nova ferramenta...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.