Bastonário e presidentes dos Conselhos Regionais vão receber ordenado

por Teresa Mendes | 14.11.2018

Compensações a pagar produzem efeitos desde a data de tomada de posse
O bastonário e os presidentes dos Conselhos Regionais da Ordem dos Médicos (OM) vão passar a receber um ordenado mensal, segundo o Regulamento de Compensações Financeiras dos Cargos Executivos com Disponibilidade Permanente da OM publicado esta terça-feira.

O documento entra hoje em vigor e determina que as compensações a pagar produzem efeitos desde a data da tomada de posse.

O bastonário da OM vai auferir 6.231,35 euros mensais ilíquidos, correspondente a 1.1 da remuneração mais elevada da carreira médica, que à presente data corresponde a assistente graduado sénior que é de 5.664,86 euros.

Mas, na prática, terá de ser ressarcido desde que tomou posse, ou seja desde fevereiro de 2017.

Os presidentes dos Conselhos Regionais e ainda o Tesoureiro do Conselho Nacional e Secretário do Conselho Nacional auferirão a quantia mensal ilíquida correspondente a 0.3 da compensação atribuída ao bastonário, pelo que o valor mensal a abonar corresponde a 1.869,40 euros.

O bastonário e os presidentes dos Conselhos Regionais da Ordem dos Médicos vão passar a receber um ordenado mensal, segundo o Regulamento de Compensações Financeiras dos Cargos Executivos com Disponibilidade Permanente da OM publicado esta terça-feira 

Estes elementos da OM «não beneficiam de quaisquer outros subsídios e/ou prestações de natureza pecuniária», estabelece o regulamento publicado no Diário da República

O Regulamento determina igualmente que «o pagamento de remuneração não implica exclusividade no exercício dos cargos para os quais os seus titulares foram eleitos, mas o exercício de qualquer função pública ou privada não poderá pôr em causa os deveres que estatutariamente assumiram ao iniciar o seu mandato».

18tm46i
14 de Novembro de 2018
1846Pub3f18tm46i

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 21.03.2019

Infarmed aprova utilização de canábis para sete indicações terapêuticas

São sete as indicações terapêuticas para a utilização de medicamentos à base de canábis medicinal au...

por Teresa Mendes | 21.03.2019

Contratação simplificada: Técnicos de diagnóstico e terapêutica também fica...

Não são só os médicos que se sentem discriminados por não serem contemplados no processo de contrata...

21.03.2019

 Médicos alertam para rutura na Neonatologia da Maternidade Bissaya Barreto

O Sindicato dos Médicos da Zona Centro (SMZC) alertou esta quarta-feira para a rutura iminente no se...

21.03.2019

 Tutela estuda alargamento do cheque dentista a crianças menores de seis an...

O Ministério da Saúde está a estudar o alargamento dos cheques dentista a crianças menores de seis a...

20.03.2019

 APMGF teme que consultas por telemóvel aumentem as desigualdades

O presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF) critica a nova ferramenta...

20.03.2019

OM quer reunião urgente com ministra após «nível de desprezo» inédito

A Ordem dos Médicos (OM) pediu esta terça-feira uma reunião com caráter de urgência à ministra da Sa...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.