Médicos vão ter apoio financeiro da OM para formação e publicação de trabalhos

por Teresa Mendes | 15.11.2018

Regulamento do Fundo de Apoio à Formação Médica aprovado 
A Ordem dos Médicos (OM) aprovou o Regulamento do Fundo de Apoio à Formação Médica (FAFM).
A partir de agora, os clínicos poderão requerer apoio financeiro para cursos de formação e publicação de trabalhos em revistas indexadas com fator de impacto.

O documento, publicado esta quarta-feira no Diário da República, entra em vigor no ano económico de 2018.

A OM salienta que este fundo de apoio financeiro de promoção da formação e divulgação do conhecimento científico desenvolvido em Portugal surge «num contexto em que o desinvestimento ameaça colocar em causa a qualidade da formação médica».

A Ordem dos Médicos aprovou o Regulamento do Fundo de Apoio à Formação Médica. A partir de agora, os clínicos poderão requerer apoio financeiro para cursos de formação e publicação de trabalhos em revistas indexadas com fator de impacto. O documento, publicado esta quarta-feira no Diário da República, entra em vigor no ano económico de 2018 

O fundo destina-se a financiar de forma equitativa os médicos autónomos com ou sem especialidade, sendo considerados médicos especialistas os que estejam inscritos nos respetivos colégios, e os médicos a frequentar a formação especializada do Internato Médico (50% para cada um dos grupos).

No primeiro ano de implementação do FAFM o seu valor será afetado da seguinte forma: 80% para financiar cursos de formação e 20% para financiar a publicação de trabalhos em revistas indexadas com fator de impacto.

Cada curso de formação será financiado até um máximo de 1500 euros e cada trabalho publicado em revista indexada com fator de impacto será financiado até um máximo de 1000 euros a atribuir ao primeiro autor.

Mais informações 

18tm46M
15 de Novembro de 2018
1846Pub4f18tm46M


Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 18.01.2019

Economista Márcia Roque é a nova presidente da ACSS

O Conselho de Ministros (CM) desta quinta-feira nomeou a economista Márcia Roque para presidente do...

por Teresa Mendes | 18.01.2019

 Portugal tem o maior rácio de médicos de MGF por habitante da UE

Portugal é o país da União Europeia (UE) com a maior taxa de especialistas de Medicina Geral e Famil...

18.01.2019

CHUC lança projeto «H2 – Humanizar o Hospital»

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) lança, no próximo dia 24, o projeto «H2 - Huma...

por Teresa Mendes | 18.01.2019

Daniel Ferro substitui Carlos Martins à frente do CHULN

Daniel Ferro, atual presidente do conselho de administração do Hospital Garcia de Orta, vai substitu...

por Teresa Mendes | 17.01.2019

Cancro digestivo mata uma pessoa a cada hora em Portugal

O cancro digestivo mata uma pessoa por hora em Portugal, uma doença que tem vindo a aumentar nos últ...

por Teresa Mendes | 16.01.2019

Governo quer melhorar os Serviços de Urgência

O Governo criou um grupo de trabalho para estudar os diferentes modelos organizativos no funcionamen...

por Teresa Mendes | 16.01.2019

 SIM acusa Governo de não resolver a «situação crítica» no INML

No dia da abertura do ano judicial o Sindicato Independente dos Médicos (SIM) deixou um apelou ao Go...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.