Tonic App conquista lugar cimeiro na Medica 2018

por Teresa Mendes | 19.11.2018

Aplicação portuguesa é a segunda melhor do mundo 
A startup portuguesa Tonic App, que desenvolveu a aplicação com o mesmo nome, ficou em segundo lugar na competição que distingue as melhores aplicações móveis na MEDICA 2018, a maior feira de saúde do mundo, que decorreu de 12 a 15 de novembro, em Düsseldorf, Alemanha.

Criada há menos de dois anos, a ferramenta é usada por mais de 17% dos médicos em Portugal.

A app portuguesa tem como objetivo ajudar os médicos a diagnosticar e a tratar os doentes através de uma série de ferramentas, bem como a promoção do diálogo interpares, nomeadamente no caso de diagnósticos mais complicados, numa plataforma segura de discussão de casos.

A startup portuguesa Tonic App, que desenvolveu a aplicação com o mesmo nome, ficou em segundo lugar na competição que distingue as melhores aplicações móveis na Medica 2018, a maior feira de saúde do mundo 

O prémio foi atribuído por um júri que juntou especialistas internacionais da Alemanha, China, Eslovénia, França, Índia e Quénia, tendo o grande vencedor sido a FibriCheck.

«O sucesso tão rápido em Portugal junto da comunidade médica fez-nos decidir que é o momento de internacionalizar. Orgulho-me de comunicar que a Tonic App já está disponível no Reino Unido, França e Espanha, três dos cinco mercados mais importantes na área da saúde na Europa», disse à Lusa Daniela Seixas, médica e CEO da Tonic App.

Além da plataforma já lançada, a empresa está a preparar novidades: a próxima é um motor de busca específico para congressos médicos.

«A aplicação disponibiliza orientações, emprego médico, recursos educativos e formativos e acesso às melhores publicações de editores», descreve ainda a responsável, assegurando o rigor científico dos conteúdos: «Temos um departamento científico que serve de curadoria a tudo o que entra, para que os médicos tenham a garantia de conteúdos fidedignos, com todas as bibliografias.»

Com apenas sete funcionários, a empresa está neste momento à procura de investimento estrangeiro, tendo em vista a expansão no mercado europeu e, a médio prazo, a entrada no mercado norte-americano.

«A ideia é crescermos primeiro em número de utilizadores médicos, adaptando a aplicação para estes mercados com as suas especificidades, com um trabalho feito junto dessas comunidades médicas.
Queremos tornar a Tonic App na aplicação de todos os médico», sublinhou Daniela Seixas.

Vídeo explicativo da App disponível aqui

Disponível em https://www.tonicapp.com/

18tm47D
19 de Novembro de 2018
1847Pub2f18tm47D

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 21.03.2019

Infarmed aprova utilização de canábis para sete indicações terapêuticas

São sete as indicações terapêuticas para a utilização de medicamentos à base de canábis medicinal au...

21.03.2019

 Médicos alertam para rutura na Neonatologia da Maternidade Bissaya Barreto

O Sindicato dos Médicos da Zona Centro (SMZC) alertou esta quarta-feira para a rutura iminente no se...

21.03.2019

 Tutela estuda alargamento do cheque dentista a crianças menores de seis an...

O Ministério da Saúde está a estudar o alargamento dos cheques dentista a crianças menores de seis a...

20.03.2019

 APMGF teme que consultas por telemóvel aumentem as desigualdades

O presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF) critica a nova ferramenta...

20.03.2019

OM quer reunião urgente com ministra após «nível de desprezo» inédito

A Ordem dos Médicos (OM) pediu esta terça-feira uma reunião com caráter de urgência à ministra da Sa...

19.03.2019

 Consultar o doente pelo telemóvel vai ser uma realidade

Até ao final de junho a Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) vai começar a testar uma...

por Teresa Mendes | 19.03.2019

 Médicos lançam «Ossos Fortes» para alertar para os riscos da osteoporose

A osteoporose está na origem de cerca de 40 mil fraturas por ano em Portugal, representando um impac...

por Teresa Mendes | 18.03.2019

 Autonomia na contratação sim, mas médicos ficam de fora 

Um despacho da ministra da Saúde e do secretário de Estado do Tesouro, publicado hoje no Diário da R...

18.03.2019

 Estado vai criar unidades de saúde para presos com doenças mentais

O Governo prepara-se para aprovar no Conselho de Ministros o regulamento do regime de internamento d...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.