Bastonária da OF anuncia recandidatura

23.11.2018

Sessão de abertura do Congresso Nacional da APFH 
A bastonária da Ordem dos Farmacêuticos (OF) anunciou, na sessão de abertura do Congresso Nacional da Associação Portuguesa de Farmacêuticos Hospitalares (APFH), esta quarta-feira, no Estoril, a sua recandidatura ao cargo, nas eleições agendadas para 9 de fevereiro de 2019. 

Dirigindo-se aos presentes, Ana Paula Martins manifestou desejo de continuar o trabalho desenvolvido no primeiro mandato, considerando o período eleitoral que se avizinha como o momento oportuno para uma reflexão interna e debate de ideias entre a profissão farmacêutica.

«A classe enriquece com o envolvimento de mais colegas, com a apresentação de candidaturas para os vários órgãos sociais da OF», disse na ocasião.
«Há três anos não sabia onde me ia meter; hoje sei bem o que me espera», afirmou a bastonária, num tom irónico, justificando assim o período de reflexão e introspeção que fez nos últimos meses sobre a sua recandidatura ao cargo no próximo triénio.

A bastonária da Ordem dos Farmacêuticos anunciou, na sessão de abertura do Congresso Nacional da Associação Portuguesa de Farmacêuticos Hospitalares (APFH), esta quarta-feira, em Lisboa, a sua recandidatura ao cargo, nas eleições agendadas para 9 de fevereiro de 2019 

Entre as principais motivações que encontrou, elencadas num comunicado publicado no site da OM, foi a conclusão do processo de regulamentação da Carreira Farmacêutica no Serviço Nacional de Saúde (SNS), cuja aprovação e publicação em Diário da República, em agosto de 2017, foi «apenas um passo» para a sua efetiva implementação no terreno.

No passado dia 15 de novembro, foi dado mais um passo, com a publicação no Boletim do Trabalho e Emprego (BTE) do acordo coletivo entre os hospitais EPE e o Sindicato Nacional dos Farmacêuticos, mas falta ainda uma etapa que a dirigente considera fundamental.

«Estamos muito para além do tempo previsto para regulamentação», lembrou.
«E continua a faltar um diploma estruturante para a profissão e para esta carreira: a criação de um internato farmacêutico, ou formação especializada, como lhe queiram chamar… Mas, independentemente da nomenclatura, temos de conseguir definir um percurso formativo, um modelo de progressão e desenvolvimento profissional, rumo à especialização, que garanta a preparação de todos os farmacêuticos contratados e a renovação geracional do quadro de farmacêuticos no SNS».

A bastonária lembrou as carências de recursos humanos em Farmácia Hospitalar, identificadas pela Ordem num levantamento efetuado em julho do presente ano, no âmbito transição de alguns trabalhadores do SNS para o regime de trabalho de 35 horas semanais, agradecendo a união da classe em torno deste objetivo.

«A profissão soube unir-se para um bem maior, dando uma clara demonstração de coesão, sem paralelo na nossa história.
Temos de manter bem acesso este processo e integrar os serviços farmacêuticos hospitalares do setor privado neste roteiro», disse ainda a representante dos farmacêuticos, lembrando que mais de 30% dos cuidados de saúde que são hoje prestados aos portugueses ocorre no setor privado, seja no âmbito de um regime convencionado com o SNS ou de seguros de saúde.

O Congresso da APFH decorre até amanhã, dia 24, no Centro do Congressos do Estoril, sob o tema «Farmacêuticos. Focados no Doente e na Profissão».

No final da sessão de abertura, a associação distinguiu várias personalidades com o título de socio honorário da APFH, entre os quais os bastonários da OF, Ana Paula Martins, Carlos Maurício Barbosa e José Aranda da Silva.

18tm47Q
23 de Novembro de 2018
1847Pub6f18tm47Q

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 24.05.2019

 Número de pessoas que morre sem cuidados paliativos pode duplicar em 2060

 O número de pessoas que morre sem acesso a cuidados paliativos pode duplicar em 2060.<br /> Segund...

por Teresa Mendes | 24.05.2019

Unidades de saúde mental forense não prisionais vão ter equipa clínica mult...

As unidades de saúde mental forense não prisionais vão passar a ter formalmente uma equipa clínica m...

por Teresa Mendes | 24.05.2019

Ordem cria Gabinete Nacional de Apoio ao Médico

Os médicos em burnout podem recorrer, a partir de hoje, dia 24 de maio, a um gabinete de apoio criad...

por Teresa Mendes | 24.05.2019

Palco será dado a quem vive a realidade da dor crónica de perto

O próximo dia 31 de maio será um dia de reflexão, onde o palco será dado a quem vive a realidade da...

por Teresa Mendes | 24.05.2019

O  ciclo de vida do medicamento explicado aos jovens

O Infarmed produziu um vídeo dirigido aos jovens, onde explica as etapas do ciclo de vida do medicam...

por Teresa Mendes | 24.05.2019

 Governo vai impulsionar criação de USF em contextos complexos 

O Governo está determinado a apoiar e impulsionar a criação de Unidades de Saúde Familiar (USF) em c...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.