«Sistemas informáticos do SNS continuam persistentemente a falhar»

por Teresa Mendes | 26.11.2018

Médicos das USF renovam alerta à ministra da Saúde 
A Associação Nacional das Unidades de Saúde Familiar (USF-AN) avisa que os problemas informáticos registados no início do mês se mantêm. «Desde o dia 6 de novembro que a generalidade dos sistemas informáticos do SNS continuam persistentemente a falhar», alerta a Associação num comunicado divulgado na sexta-feira ao final do dia.

Mostrando o seu descontentamento perante a lentidão «permanente e generalizada» dos sistemas informáticos e para «falhas crónicas» no sistema de prescrição eletrónica, os médicos das USF voltam a apelar à ministra da saúde para que «exija soluções aos responsáveis pelos sistemas informáticos do SNS».

Há ainda registos de falhas na referenciação dos utentes para especialidades hospitalares, hardware desajustado com leitores que não reconhecem os novos cartões de cidadão ou cartão da Ordem dos Médicos, permanentes falhas no módulo da prescrição dos exames sem papel e múltiplas password de acesso às diferentes aplicações informática em vez de ser só uma, salienta ainda a nota à Imprensa

Os médicos das USF voltam a apelar à ministra da saúde para que «exija soluções aos responsáveis pelos sistemas informáticos do SNS» 

Citando o «Estudo do Momento Atual da Reforma dos Cuidados de Saúde Primários», promovido pela USF-AN em abril deste ano, e que reflete as opiniões dos profissionais de saúde, a Associação diz que «a Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) é a instituição que menos satisfação gera no seio dos coordenadores das unidades», sendo que «a área dos sistemas de informação liderou o top de principais problemas que carecem de resolução imediata na saúde em Portugal».

18tm48C
26 de Novembro de 2018
1848Pub2f18tm48c

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 22.05.2019

Apenas um quarto dos médicos consegue conciliar carreira com vida familiar

A grande maioria dos médicos que trabalha no Serviço Nacional de Saúde (73%) não consegue conciliar...

22.05.2019

 Infarmed conclui processos de financiamento para 22 novos fármacos

 A conclusão de processos de financiamento relativos a novos medicamentos (novas substâncias ativas...

22.05.2019

Fundadores do Observatório de Saúde António Arnaut  defendem transparência

O coordenador do Observatório de Saúde António Arnaut (OSAA) defendeu esta terça-feira, em Coimbra,...

por Teresa Mendes | 22.05.2019

 Encargos com as PPP da saúde aumentaram quase 30%

Os encargos líquidos com parcerias público-privadas (PPP) subiram 5% nos primeiros seis meses de 201...

por Teresa Mendes | 21.05.2019

Taxas de cesariana e de mortalidade materna e perinatal são os temas mais p...

Diogo Ayres de Campos, diretor do Serviço de Obstetrícia do Hospital de Santa Maria (Centro Hospital...

21.05.2019

Porto quer ser «Cidade Sem Sida» até 2020

 A Câmara Municipal do Porto e 22 instituições assinaram esta segunda-feira, dia 20 de maio, o proto...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.