Vítimas de queimaduras graves ficam sem resposta à noite na região Centro

por Teresa Mendes | 29.11.2018

CRCOM recomenda «reforço urgente de médicos» na Unidade de Cirurgia Plástica e Queimados 
 O Conselho Regional do Centro da Ordem dos Médicos (CRCOM) alerta para a necessidade de «um reforço urgente das equipas médicas e de meios materiais no Serviço de Cirurgia Plástica e Queimados do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra», para conseguir «assegurar a qualidade dos serviços» nesta que é a única unidade existente na região Centro.

«O CHUC não tem atualmente qualquer resposta para estes doentes durante a noite. É grave porque deixa 1,7 milhões de habitantes desprotegidos na região Centro», afirma o presidente da CRCOM, Carlos Cortes, num comunicado.

«Este alerta é necessário para evitar uma calamidade», assume Carlos Cortes

De acordo com o responsável, «há problemas graves e intoleráveis para cumprir a escala médica, a partir das 22h00, uma vez que o único serviço de cirurgia plástica e queimados da região Centro encerra por não existir uma escala noturna autorizada pelo hospital.
Quando surgem situações urgentes durante a noite, como por exemplo, vítimas de queimaduras graves, têm de ser transferidas para outros hospitais do País».

Por outro lado, segundo o dirigente, «é necessária, também, uma unidade de cuidados intermédios que é atualmente inexistente.
São carências muito preocupantes tendo em conta que também acorrem àquele serviço utentes oriundos de vários pontos do país e, muitas vezes, vítimas de catástrofes e acidentes de extrema gravidade».

«Este alerta é necessário para evitar uma calamidade», assume Carlos Cortes, recordando que «face aos grandes incêndios que ocorreram o ano passado na região Centro, os profissionais de saúde do Serviço de Cirurgia Plástica e Queimados do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra foram inexcedíveis».

18tm48P
29 de Novembro de 2018
1848Pub5f18tm48P

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 14.06.2019

Rui Ivo volta a ser presidente do Infarmed

Rui Ivo é nomeado, pela segunda vez, presidente da direção do Infarmed.<br /> A nomeação do Conselh...

por Teresa Mendes | 14.06.2019

 IPO Lisboa apela à dádiva de sangue

No âmbito do Dia Mundial do Dador de Sangue, que se celebra esta sexta-feira, dia 14 de junho, o Ser...

14.06.2019

Taxas moderadoras nos centros de saúde com fim à vista

A proposta do Bloco de Esquerda que dita o fim das taxas moderadoras nos centros de saúde vai ser vo...

por Teresa Mendes | 12.06.2019

Médicos com alojamento assegurado para reforço de cuidados de saúde no verã...

 A Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve vai assegurar residência aos médicos que queiram...

por Teresa Mendes | 12.06.2019

Argumentos que pretendem proibir PPP na saúde «não são razoáveis»

Numa altura em que foi adiada a votação do artigo sobre as PPP da Lei de Bases da Saúde para o próxi...

por Teresa Mendes | 12.06.2019

 Bruno Silva-Santos eleito membro da European Molecular Biology Organizatio...

Bruno Silva-Santos, professor associado com agregação da Faculdade de Medicina da Universidade de Li...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.