Apifarma nega pressão para inclusão de vacinas no PNV

por Teresa Mendes | 03.12.2018

Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica emite esclarecimento 
A Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica (Apifarma) «recusa veementemente qualquer insinuação de exercer pressão junto da Assembleia da República para a inclusão de vacinas no Programa Nacional de Vacinação (PNV)».

A tomada de posição foi divulgada esta sexta-feira, após vários ex-dirigentes no sector da Saúde terem denunciado a existência de pressões de grupos farmacêuticos para a comparticipação de medicamentos.

Em causa está a integração das vacinas da meningite B, do rotavírus e do vírus do papiloma humano (HPV) para os rapazes no Programa Nacional de Vacinação (PNV), aprovada na especialidade do Orçamento do Estado.

Num comunicado publicado no seu site, a Apifarma esclarece que «a decisão de incluir estas ou outras vacinas no Programa Nacional de Vacinação é uma decisão que compete aos organismos técnicos e científicos competentes do Ministério da Saúde, tendo em conta a defesa da Saúde Pública» e que estas «estão disponíveis à população, em Portugal e na Europa, em resultado de aprovação pelas entidades competentes e mediante prescrição médica».
 
A Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica (Apifarma) «recusa veementemente qualquer insinuação de exercer pressão junto da Assembleia da República para a inclusão de vacinas no Programa Nacional de Vacinação»

Reiterando serem «completamente alheios a qualquer iniciativa legislativa que os senhores deputados entenderam tomar sobre esta matéria», a Apifarma diz ainda esperar que «o ruído gerado em torno deste caso não coloque em causa a perceção e o reconhecimento que a população portuguesa tem do valor da vacinação».

O comunicado pode ser lido aqui

18tm49A
03 de Dezembro de 2018
1849Pub2f18tm49a

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

21.05.2019

Há mais 60 mil portugueses sem médico de família desde o início de 2019

Desde o início deste ano que aumentou o número de portugueses sem médico de família. No final de 201...

21.05.2019

APMGF defende criação de mais 30 USF por ano

Criar mais 30 unidades de saúde familiar (USF) por ano em Portugal é uma das medidas do Projeto-Beta...

por Teresa Mendes | 21.05.2019

«NBM in Ambulatory Surgery»  em destaque  no 13.º Congresso Internacional d...

O Centro de Congressos da Alfândega do Porto vai receber, entre os dias 27 e 29 de maio, o 13.º Cong...

por Teresa Mendes | 21.05.2019

1.º Barómetro da Adoção da Telessaúde e de Inteligência Artificial

Os resultados da primeira edição do Barómetro da Adoção da Telessaúde e de Inteligência Artificial,...

por Teresa Mendes | 17.05.2019

 Executivo abre 1129 vagas para as áreas de MGF, hospitalar e de Saúde Públ...

O Governo cumpriu o prazo de 30 dias para a abertura de concursos após a fixação da lista de classif...

por Teresa Mendes | 17.05.2019

Semana Europeia do Teste da Primavera decorre até 24 de maio

Começa hoje e decorre até 24 de maio, a Semana Europeia do Teste Primavera 2019, organizada pela HIV...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.